sexta-feira, 3, dezembro, 2021

A Guerra do Velho

A humanidade finalmente chegou à era das viagens interestelares. A má notícia é que há poucos planetas habitáveis disponíveis – e muitos alienígenas lutando por eles. Para proteger a Terra e também conquistar novos territórios, a raça humana conta com tecnologias inovadoras e com a habilidade e a disposição das FCD – Forças Coloniais de Defesa. Mas, para se alistar, é necessário ter mais de 75 anos. John Perry vai aceitar esse desafio, e ele tem apenas uma vaga ideia do que pode esperar.
guerra-do-velho.jpg
“Guerra do Velho” é frequentemente comparado a um dos maiores clássicos da ficção científica: Tropas Estrelares, de Robert Heinlein. O próprio Scalzi já confirmou que Heinlein é uma das suas maiores influências e que a obra foi escrita seguindo os princípios que ele acredita serem próprios da escrita do autor que tanto admira. Scalzi é um dos principais nomes da ficção científica contemporânea. Ganhador dos prêmios Hugo e Locus, o autor conquistou público, crítica e mercado. Em fevereiro de 2015, fechou um contrato com a editora Tor Books de cerca de $3,4 milhões, para publicar 13 livros nos próximos 10 anos. O canal SyFy está produzindo uma série de TV – chamada Ghost Brigades – como adaptação do segundo livro, e a Paramount já comprou os direitos para levar a história para as telas do cinema.

Leia também => As Brigadas Fantasma

Certos livros parecem nos perseguir. E este era um deles. Sempre que passava por uma livraria, lá estava ele em cima de alguma prateleira ou como sugestão de leitura.
Confesso que achava o título meio estranho e sua capa Tropas Estelares, acabava não me chamando a atenção. Principalmente quando em alguns casos, havia um comparativo com Tropas.
Não gosto de Tropas Estelares, podem julgar.
Felizmente um dia, estava querendo algo novo em minha leitura e resolvi virar e ver sua contra capa. E foi ali que já havia mergulhado meus pensamentos dentro desta história e nem ao menos tinha comprado o livro.
Acabei pegando uma versão em e-book.
A Guerra do Velho é um livro que – finalmente -, sai dos padrões atuais de jovens saídos da escola para uma grande aventura, ou aquele que não sabe quem é e precisa fazer uma jornada de auto descoberta e tantas outras que parecem uma cópia de algum capítulo de qualquer livro.
Seu personagem principal, John Perry, é um homem velho que em vez de desistir de viver, resolve se alistar e seguir por novos caminhos. Ele não tem crise de qualquer idade. Apenas como qualquer um, Perry tem novos objetivos.
A discussão sobre idade é colocada a todo instante na obra. Percebemos que somos condicionados desde pequenos a acreditarmos que passar dos 50 significa pensar a cada momento no fim. E que nossas mentes e corpos não suportam mais.
Outro ponto bem abordado nesta obra, é o que “é o ser humano”. De maneira criativa e científica, o autor explica qual a diferença entre seres humanos, principalmente quando nascidos em outros planetas.
A Guerra do Velho é cheia de aventura, uma boa ficção e debates que nos fazem pensar a cada novo capítulo. O ponto positivo para isto, é que John Scalzi em nenhum momento tenta nos dar respostas. Somos como Perry, aprendendo a cada nova jornada.
Outro ponto brilhante, são os nomes de muitos personagens que são homenagens a cientistas famosos como Carl Sagan.
A Guerra do Velho é uma ótima escolha para quem nunca leu nada de ficção e gostaria de iniciar. E uma excelente opção para os que já estão acostumados com o gênero.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,962SeguidoresSeguir
4,233SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave