sexta-feira, 24, setembro, 2021

AHS: Double Feature | Angelica Ross diz que pilula usada na série existe- e ela já tomou

A décima temporada de American Horror Story, intitulada Double Feature, de Ryan Murphy estreou no EUA e está atualmente no 4º episódio. A trama apresenta um roteirista que se depara com uma pílula que ajuda a escrever muito melhor, mas pode transformar pessoas talentosas em sábios sedentos de sangue e pessoas sem talento em zumbis sedentos de sangue.

No último episódio que foi ao ar, a criação dessa pípula foi explorada, através da origem de sua criadora, interpretada por Angelica Ross.

Embora essa pequena pílula preta, que ainda não tem nome em Red Tide, a primeira parte da temporada de Double Feature, seja obviamente fictícia, Ross disse em uma entrevista ao TheWrap que ela acredita que algo parecido realmente exista no mundo real. E ela mesma tomou e aprendeu as consequências, embora elas não fossem nem de longe tão severas quanto as experimentadas pelos vampiros criados a partir da pílula em AHS.

“Então, vou lhe contar algo que não disse a ninguém mais porque estou tentando encontrar uma maneira de explicar”, disse. “basicamente, eu acho que algo no mundo existe assim. Eu sei que quando estava na faculdade, estava me formando em química orgânica. E então eu descobri – as crianças tinham uma espécie de Adderall. E então eu peguei um Adderall para tentar estudar e fazer o teste. Agora, o que eu experimentei foi estonteante, no sentido de que eu não pude apenas reter as coisas que estava estudando em química orgânica, eu poderia explicar para você de trás para frente. Tipo, a maneira como meu cérebro funcionava, meio que me deixou insegura, porque me senti tipo, uau, por que meu cérebro não funciona assim sem fazer aquilo? O que há de errado com esse tipo de situação?”

Ela continua:“O que percebi naquele curto espaço de tempo que estava tomando aquele medicamento é que também me tornei um pouco idiota”, acrescentou. “Eu estava terminando as coisas, estava falando meio rápido. Esses foram os efeitos colaterais que eu estava tendo. E eu sabia que estava sendo um pouco idiota com as pessoas que não processavam as coisas tão rapidamente quanto eu. Isso me leva a acreditar que, de novo, sim, é claro, todos nós temos dificuldade em nos concentrar neste mundo quando estamos no meio de uma pandemia, quando há tiroteios em escolas todos os meses, quando negros são mortos pela polícia. É difícil se concentrar. Mas é como, naquela época, quando eu estava na faculdade, eu disse a mim mesma: ‘OK, isso é ótimo, mas eu quero que você encontre uma maneira de se conectar assim com seu cérebro sem isso.’ É realmente apenas lidando comigo mesma de forma direta e honesta e não contando a mim mesmo nenhuma mentira. “

Ross diz que sente que o que aprendeu com essa experiência está “na base do que sua personagem está explorando”.

“São as mentiras que contamos a nós mesmos e uns aos outros sobre nossas vidas e o que queremos e o que podemos fazer e como somos talentosos”, disse Ross. “Então ela diz: ‘Cada criança cuja mãe lhes disse que eles poderiam ser o próximo Elvis ou Tyler Perry vai se arriscar com aquela pílula’. E nove em cada 10 deles não vai conseguir. Então ela nem está pensando em altos resultados. Ela só está pensando no fato de que a grandeza é o que é, ou você tem ou não. E eu acho que isso é apenas parte do comentário social de Hollywood, que diz que ou você tem ou não e ou você está disposto a fazer o trabalho para chegar lá ou está tentando pegar atalhos. E algumas pessoas fazem. ”

American Horror Story: Double Feature será exibida no Brasil pelo Star+.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,961SeguidoresSeguir
4,241SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave