Anderson da Silva, mais conhecido como Anderson Silva ou Spider, é um ex-lutador brasileiro-americano de artes marciais mistas e ex-Campeão Peso Médio do UFC. Anderson conquistou 17 vitórias seguidas e 10 defesas de título consecutivas. “Spider” é considerado um dos maiores lutadores de MMA da história, tendo como nocaute mais marcante seu pontapé em Vitor Belfort.

E agora esse fenômeno dos ringues acaba de ter mais uma vitória, já que sua história está sendo contada em formato de série pela Paramount+. A produção, que já está no ar pelo canal de streaming, retrata a trajetória do lutador, mas tem como tema principal a força da família. Diferente de outras obras que deixam o foco apenas em uma carreira em ascenção, Anderson Spider Silva preza por mostrar de onde veio toda a sua força.

A trama, em formato de ficção, começa mostrando Anderson (Bruno Vinícius na versão adolescente) jovem, apresentando as dificuldades que sofreu com preconceitos e como o acolhimento de sua família foi importante nessa época. Criado pelos tios, Tia Edith (Tatiana Tibúrcio) e Tio Benedito (Seu Jorge), Anderson (William Nascimento na versão adulta) aprendeu que racismo se vence de forma unida. Logo nos primeiros episódios é possível entender o relacionamento pessoal do protagonista, a família que formou com Dayane (Larissa Nunes) e sua trajetória para chegar ao patamar que chegou como lutador.

A narrativa apresenta a vida do lutador de uma forma justa, sem deixar as críticas sociais de lado. Além de retratar todo o preconceito que os negros passam, a produção dá vozes às mulheres negras. O roteiro de Marton Olympio insere tudo isso de maneira casual e certeira. É praticamente impossível qualquer pessoa que lute durante dia-a-dia para conquistar seus objetivos- seja em sua vida profissional ou familiar-, não se identificar com os acontecimentos desta série documental.

Leia também: LOL: SE RIR, JÁ ERA! | TERCEIRA TEMPORADA INVESTE EM MAIS DINAMISMO

Mostrando desde a adolescência até as primeiras lutas, Anderson Spider Silva não se contenta em ganhar a audiência apenas através da ‘emoção’ de cada luta do ex-campeão. Seu grande apelo é simplesmente mostrar a realidade de um homem que irá se encontrar naquilo que faz melhor, mas também em aprender a lidar com o seu casamento, dando voz a sua esposa e tentando ser um melhor pai.

O ponto mais positivo desta obra é essa: os valores familiares que o brasileiro possui. Aqui não existe jeitinho brasileiro como muitos ‘apreciavam’ como algo totalmente cultural. Cada ponto de virada na vida de Anderson Silva foi conquistada por trabalho e muito treinamento.

Anderson Spider Silva é uma obra internacional, onde qualquer pessoa no mundo irá se identificar com os problemas do ex-lutador. Ela é focada no quanto Anderson Silva precisou do apoio de sua família para que ele chegasse onde está. Através de uma narrativa envolvente, é possível conhecer e até mesmo se identificar com a história do lutador em uma série rápida e certeira.

Anderson Spider Silva estreia dia 16 de novembro no Paramount+.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui