O diretor James Gunn deve retornar às suas funções laborativas mais cedo que imaginamos, e não será pela Marvel Studios. O cineasta foi sumariamente demitido após tuítes antigos virem à tona, onde Gunn fazia apologia ao estupro e pedofilia e chacota com portadores do vírus HIV.

Mesmo tendo se retratado pelo ocorrido, a demissão foi inevitável. Em petição aberta com postagem nas redes sociais, o ator Chris Pratt, o intérprete de Peter Quill, serviu de porta-voz do elenco de Guardiões da Galáxia e na postagem, pediram a recontratação de Gunn.

Embora eu não apoie as piadas inapropriadas de James Gunn de anos atrás, ele é um bom homem. Eu pessoalmente adoraria vê-lo reintegrado como diretor de Volume 3 (…)“, diz a legenda. Sem efeito. Tanto a Marvel quanto a Disney, continuam relutantes sobre a situação atual do diretor. De lá para cá, outros atores e atrizes do elenco e também profissionais da área cinematográfica, demonstraram apoio a Gunn com críticas, opiniões e até mesmo, ameaça de abandono do elenco.

E não somente atores, ao que tudo indica, grandes estúdios já estão de olho no cineasta. De acordo com o portal Hollywood Reporter, grandes executivos do entretenimento estariam interessados em contratar Gunn, dentre eles, a principal seria a Warner Bros. visando a DC. Ainda segundo a publicação, nenhum dos interessados fizeram uma oferta, pois aguardam os trâmites contratuais com a Disney serem concluídos. Fontes afirmam que o diretor receberá de 7 a 10 milhões de dólares por quebra contratual.

Outros nomes do entretenimento já saíram da Marvel e foram diretamente para a DC. É o caso de Joss Whedom, que trocou um selo por outro, logo após a expiração de seu contrato. Em nota, a Disney garantiu que não pretende reaver a contratação de Gunn e que não se preocupa com o fato do elenco abandonarem a franquia. No caso de Pratt e Zoe Saldaña, protagonistas da trama, a empresa garante que ambos retornará para o terceiro filme sem grandes problemas. Nem os executivos da Warner e DC e nem o próprio James Gunn, se pronunciaram a respeito sobre a contratação/mudança do cineasta para novo o estúdio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui