quinta-feira, 3, dezembro, 2020
Início Filmes Críticas Crítica: As Bem-Armadas

Crítica: As Bem-Armadas

A repetição de papeis de Sandra Bullock e Melissa McCarthy

Sandra Bullock é muito versátil. Mais conhecida por suas atuações em obras dramáticas (Inclusive ganhando o Oscar por Um Sonho Impossível), a atriz provou ter talento também para comédias em Miss Simpatia. Uma comédia estrelada por Bullock e a nova sensação do humor Melissa McCathy era realmente promissora, como bônus, ainda seria a primeira produção buddy cop movie protagonizada por duas mulheres. As Bem-Armadas (The Heat) chega trazendo as duas atrizes, mas infelizmente traz juntos muitas piadas recicladas, passando as conhecidas situações de comédias policias para uma versão feminina.

Isso não quer dizer que a trama seja ruim, mas é um pouco fraca. O roteiro segue um certo padrão proposto por essa temática, porém varia entre momentos que funcionam e outros forçados. Sarah Ashburn (Bullock), é uma Detetive do FBI muito boa em seu trabalho mas péssima em relações. Ninguém consegue trabalhar com ela e por isso Ashburn acaba perdendo a chance imediata de uma promoção. Para lutar pela vaga, Ashburn vai à Boston para capturar um famoso traficante e assim conhece Mullins. Shannon Mullins (McCarthy) é uma policial que não segue as regras, completamente maluca, faz justiça seguindo ” as regras das ruas”. Ashburn e Mullins acabam tendo que juntar forçar para desvendar esse caso e é nesse momento que vemos McCarthy em sua conhecida atuação de desleixada e Bullock em uma espécie de repetição de seu papel em Miss Simpatia.

As Bem-Armadas
As Bem-Armadas | Imagem: Fox

A sintonia entre as protagonistas é admirável, mas apenas isso não salva o longa. O roteiro de Katie Dippold poderia ter dado algo à altura dessas duas personalidades e trabalhado com algo menos caricato. O resultado final acabou sendo apenas um pequeno período de risadas e uma grande impressão de desperdício de potencial.

Entretanto, o filme ainda é uma comédia e se analisado como um entretenimento básico feito para divertir durante seus 90 minutos, ele funciona.

A verdadeira piada ficou por conta do famoso photoshop em Melissa McCarthy, que gerou muita polêmica. Ao tentarem emagrecer a atriz nos cartazes, falharam feio e o resultado promete arrancar mais risadas do que o filme em si.

Melissa photoshop
Foto comparativa do Photoshop

Veja a ficha técnica e elenco completo de As Bem-Armadas

 

Nota do Thunder Wave
O filme consegue divertir, mas deixa um sentimento de desperdício de potencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,970FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Crítica | Dash&Lily

0
Dash & Lily é uma série encantadora e que através dos desafios feitos pelo caderno nos traz uma reflexão sobre enfrentar os nossos próprios medos e a sair da nossa bolha. O mundo pode ser um lugar incrível quando nos abrimos pra ele.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave