automaniacos

Automaníacos é para curiosos ou fanáticos por carros colecionáveis

 Jeff Allen e Perry Barndt são jogadores. Seu jogo: carros clássicos e exóticos. Eles também são apaixonados pelo que fazem. Viajam pelos EUA comprando e vendendo automóveis. Não importa se é um Shelby Mustang ou um Bugatti especial, a chave é comprar barato e vender por um bom preço, algo que não acontece tão comumente. Vender carros é um negócio arriscado, mas talvez não exista nada tão perigoso quanto negociar com seu próprio pai. Tom Souter, pai de Jeff, tem seu próprio negócio de carros, que, aliás, fica bem próximo ao de Jeff, em Lubbock, Texas. Tom diz que negociar com o próprio filho é como ficar preso em um guarda-roupa com um porco-espinho, “pode doer, mas você sabe que não vai te matar”.

Jeff e Perry são as estrelas de Automaníacos, estreia do History em 21/3, sexta-feira, às 21h, que traz para a tela do History os automóveis mais raros e fantásticos dos Estados Unidos apresentados por este grupo de experts. É o programa feito para os fanáticos por carros de colecionador, que captura a curiosidade deles e vai além, mostrando que há muito sobre esse assunto a revelar. 

 

Jeff Allen e sua equipe viajam por todo o território norte-americano em busca de fortuna. Entre os tesouros que descobrirão, estão carros famosos, verdadeiros protagonistas de filmes, ou joias da indústria automobilística que marcaram época e hoje são as darlings de grandes colecionadores.

No primeiro programa da série, eles acham um tesouro escondido. São carros clássicos de valor inestimável, mas um vendedor desmotivado pode fazê-los perder a viagem. Mais tarde, com um monte de dinheiro queimando no bolso, Meg Bailey, gerente da loja, decide que eles precisam participar de uma reunião de troca de carros na Califórnia. Um Hot Rod de 31 e um Camaro de 69 chamam a atenção.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui