domingo, 25, outubro, 2020
Início Séries Notícias 'Bad Ink', nova série mostra que toda tatuagem pode se coberta

‘Bad Ink’, nova série mostra que toda tatuagem pode se coberta

Bad Ink

Bad Ink segue o renomado tatuador Dirk Vermin pelas ruas de Las Vegas em busca de tatuagens malfeitas, que pareciam não ter solução

O A&E traz para o Brasil sua nova série original Bad Ink, que estreia dia 10/3, segunda-feira, às 22h30. A produção segue uma dupla de amigos, aficionados por tatuagem, em sua busca para encontrar e corrigir os piores erros estampados na pele, a princípio permanentemente. Com a fascinante cidade de Vegas como fundo – também conhecida como “a capital mundial dos erros” (como esquecer os diversos casamentos falidos realizados em noites de muita bebedeira e todo o dinheiro perdido nos cassinos) –, as tatuagens são exemplo perfeito de lembranças inesquecíveis. Por sorte, há solução para isso: o famoso tatuador Dirk Vermin e seu ajudante e melhor amigo há 20 anos, Ruckus.

Bad Ink é como uma autêntica comédia, dadas às situações e tatuagens bizarras. Dirk e Ruckus formam uma dupla de bon vivants do século XXI, que prescinde de coquetéis e smokings. Estes rapazes se tornaram célebres por suas piadas, desenvoltura e sua grande afeição pelas tatuagens mais espantosas de Las Vegas.

Nessa cidade ninguém está livre contra acordar e dizer “O que eu fiz!?”. Por isso, essas pessoas são o alvo principal desta dupla que leva seu bom-humor para as ruas de neon de Vegas, onde estão à caça de participantes de convenções, turistas e até locais, revistando as piores “artes” estampadas em pele humana. Para poucos sortudos, Dirk será capaz de fazer mágica e transformar suas tatuagens em arte corporal.

Bad Ink A&E

Bad

 

 

A série revela as tatuagens mais horrorosas e ouve as histórias mais estranhas sobre esses erros quase permanentes. Haverá momentos inesperados pelo caminho: a excepcional comédia da vida na Las Vegas de Dirk e Ruckus, as aventuras de Dirk criando duas filhas como pai solteiro e o modo de viver da dupla, ao estilo Vegas desses personagens que “limpam” o mundo da tinta ruim.

 

SOBRE DIRK VERMIN

Tatuador, pintor, escritor e músico, Dirk Vermin é proprietário da Pussykat Tattoo, que fica a algumas quadras da Las Vegas Strip. Obviamente, ele ama whisky e as guitarras, e fala sem papas na língua, mesmo ofendendo quem for. Mas, ele também cria duas filhas, é uma dona de casa no corpo de um roqueiro. É ele quem prepara a bolsa de sua caçula para o balé e a leva para a aula. Ele se mistura no campo de futebol com as outras mães de sua filha mais velha também. Enfim, ele é um autêntico ursinho de pelúcia para suas filhas, mas com caveiras e serpentes tatuados nos braços.

O estúdio de Dirk é tão concorrido que é preciso reservar com meses de antecedência: só atende com hora marcada e só faz trabalhos sérios. É o “cara” que deve ser consultado quando se quer transformar uma tatuagem ruim em obra-prima. “Um dos meus trabalhos recentes favoritos foi transformar um desenho de Charles Manson em um monstro dos cereais Franken Berry”. E como é de costume no circuito de Las Vegas, Dirk tem uma extensa lista de clientes loucos e de tatuagens excêntricas que ele vê todos os dias. Todos recorrem a Dirk, de policiais da comunidade a artistas de striptease, turistas, estudantes rebeldes, coristas, donas de casa e artistas de Las Vegas. Dirk tatua as pessoas mais insólitas da cena da cidade, com habilidade que só um artista experiente e terrivelmente encantador possui.

Coberto com sua própria obra, Dirk não teme nada ao que refere a tatuagens, por isso que quando alguém entra pedindo que transformem seu braço todo, Dirk põe as mãos à obra. Sua última transformação de um braço inteiro durou quatro horas. A tatuagem se transformou de tribal feita na cadeia em imponente castelo 3D com ilusão óptica com gárgulas.

Sem fugir de nenhum desafio, Dirk transforma tatuagens da moda, como tramp stamps (tatuagems no cóccix), em obras de arte de que se pode ter orgulho. Graças ao seu sucesso, Dirk estabelece suas próprias regras e se nega a fazer tatuagens que não lhe agrade, não importa quem peça. Recusa fazer, sobretudo, braceletes tribais. “Já fiz o suficiente nesta área para saber que não tatuarei uma borboleta estúpida jamais e quando alguém vem e quer um personagem do Pernalonga, digo que não e dou o que um homem de verdade merece: uma pin-up”. Dirk tampouco tem problemas de tirar algo do tatuador Ed Hardy e não tem paciência para tatuar clientes em lugares esquisitos.

Ainda que seja a pessoa mais experiente de Las Vegas Strip, também comete erros. “Escrevi mal em mais tatuagens do que gostaria de admitir… mas sempre encontro alguma forma de consertá-las e elas acabam por se transformar na história favorita dessas pessoas”. Dirk já escreveu errado, inclusive a palavra “tatuagem” em um cliente de 60 anos, mas ele é o rei do conserto e sabe exatamente como escapar da lista negra em questão de segundos. “Nunca meço esforços para oferecer aos meus clientes as melhores tatuagens… nem o melhor whisky!”

 

SOBRE ROB RUCKUS

Irreverente e obstinado, Rob Ruckus, ou simplesmente Ruckus, como ele prefere, conheceu Dirk num estúdio de tattoo, mas a princípio não se deram bem. “Disse algumas coisas sobre ele, que me ameaçou dar uma surra. Agora sobrevivemos ao seu casamento”. São melhores amigos, inseparáveis. Ruckus não é tatuador, mas definitivamente reconhece uma tatuagem ruim e, quando a vê, não tem medo de dizer o que pensa.

Ruckus nasceu em Los Angeles e se mudou para Las Vegas com sua família quando tinha 10 anos, época em que começaram uma empresa de conserto de automóveis. “Não tenho filhos, só algumas garotas, e tinha meu cachorro, Mr. Creepy Le Beef, que fugiu há alguns anos…”. Agora trabalha no turno da noite do Double Down Saloon, o único bar punk rock de Las Vegas. Esteve na cadeia durante quatro anos, mas está envolvido com bandas há 18 anos.

Geralmente passa os fins de semana fazendo shows em Las Vegas (atualmente faz parte de várias bandas e se considera uma espécie de lenda do rock da cidade). Quando tem tempo livre diz que adora ir para Utah, caminhar pela montanha, quebrar alguns galhos e cozinhar um frango. Definitivamente odeia Las Vegas Strip e não quer ter contato com turistas que a frequentam, a menos que, claro, tenham alguma tatuagem ruim.

 

 

Confira a grade de programação:

Segundas-feiras, às 22h30

Estreia 10/3 

EPISÓDIOS “BAD INK” EM MARÇO 

Segunda, 10 de março

EP. 00 – O NERD E A DONZELA EM APUROS (A Damsel And A Nerd In Need)

Dirk recebe um telefonema desesperado: o que deveria ser uma comemoração de aniversário se tornou um terrível pesadelo para Jacqui. Sorte a dela que a especialidade de Dick é consertar tatuagens horrorosas. Em seguida, eles conhecem Alex, um adorável nerd que tatuou um coração na perna e agora precisa de ajuda para corrigir esse erro.

EP. 01 – QUER IMPRESSIONAR A QUEM? (Monkey Business)

Dick e Ruckus conhecem um homem que acredita conhecer o segredo para conquistar o coração das mulheres. Infelizmente, para Lavon, o único segredo que ele sabe é como transformar uma tatuagem em desastre. Na sequência, os rapazes ajudam uma recém-divorciada, que para se reinventar resolveu ir para o México, mas, além do bronzeado, voltou com a maldição da tatuagem impensada.

Segunda, 17 de março

EP. 04 – ATAQUE ANIMAL (When Tattoo Animals Attack)

Durante um ataque de fúria, Vanessa fez uma tatuagem que agora está atrapalhando sua carreira de modelo. E Ruckus prega uma peça em Dirk, quando marca um novo cliente, com uma inesquecível tatuagem em uma parte privada do seu corpo.

EP. 05 – A PRIMEIRA VEZ (Tattoo Crimes And Misdemeanors)

A noiva de um policial aposentado se recusa a casar enquanto ele não cobrir sua primeira tatuagem. E Kirstin, aos 16 anos achou que sabia exatamente o que queria de sua primeira tatuagem, que acabou se tornando seu primeiro desastre.

Segunda, 24 de março

EP. 06 – QUEM É MAIS RIDÍCULO? (Terrible Tattoo Showdown)

Dick e Ruckus conhecem dois amigos que apostaram qual faria a pior tatuagem. E o desafio de Dirk não é consertá-las, mas deixá-las ainda pior. Depois conhecem Kelly, que quebrou o nariz do namorado ao pegá-lo com outra, mas seu único arrependimento foi a tatuagem que fez logo em seguida.

EP. 07 – A TATUAGEM DA MAMÃE (Baby Mamma Tattoo)

Dick e Ruckus vão ajudar uma jovem mãe que está convencida de que sua tatuagem está assustando seu bebê recém-nascido. Dick, que também é pai, aceitou de bom grado o desafio: dar um jeito neste desastre. Depois, Dirk e Ruckus também atendem Shaun, um homem que esconde debaixo da roupa uma tatuagem realmente horrível.

Segunda, 31 de março

EP. 08 – VALE TUDO NO AMOR E NA TINTA (All Is Fair in Love and Ink)

Tara implora a ajuda de Dirk e Ruckus para dar um jeito na tatuagem de Justin, seu namorado, que estampou o retrato da ex-namorada no braço. Depois eles tentam ajudar a ex-garçonete de um bar que, numa decisão impulsiva, fez uma tatuagem horrível.

EP. 09 – TATUAGEM EM FAMÍLIA (The Family that Inks Together)

Dirk e Ruckus são chamados para convencer um pai de família que sua horrível tatuagem com o retrato da esposa tem que ser removida. A família inteira a odeia, inclusive a “homenageada”, mas ele está relutante. Dirk e Ruckus também atendem Sharon, que tatuou seu cavalo de estimação já falecido no braço, mas ele ficou parecendo um monstro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,000FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Conheça o SigridWave, tradutor de jogos da Acer

0
Também são anunciadas funcionalidades para aprimorar a competição em alto nível, como um framework para organizar torneios.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
'Bad Ink', nova série mostra que toda tatuagem pode se coberta 4

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave