Os organizadores da maior feira literária do Brasil anunciaram nesta segunda-feira (17), através das redes sociais oficiais, as datas da 19ª edição da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. E além do calendário, novidades para a edição de 2019, também foram divulgadas.

Logo de cara, os visitantes terão acesso por outros locais do Riocentro, pavilhão que abriga os onze dias de evento. Se antes o público entrava pela lateral do centro de convenções, ano que vem, passará a ser pelo Pavilhão das Artes, local que abriga a maior exposição permanente indoor de arte de rua da América Latina.

A planta do evento foi redesenhada para abrigar atividades, expositores e patrocinadores, tudo em um mesmo local. Para Tatiana Zaccaro, diretora da Bienal do Livro, estas alterações farão com que a comunicação das marcas seja ainda mais eficiente e a interação com o público, mais produtiva. “Vamos trabalhar com categorias muito bem segmentadas, seguindo a lógica de criar uma Bienal para cada um“, disse Tatiana.

O pavilhão infantil, que até a última edição (2017) localizava-se na cor laranja, ganhará uma área de mais de 10 mil m², onde concentrarão as editoras específicas, fraldário, área de alimentação especialmente focada para os pequeninos. Segundo Marcos Veiga, presidente do SNEL (Sindicato Nacional dos Editores dos Livros), todas as alterações realizadas para a próxima edição, foram acompanhadas de muito estudo e observação de tendências e inovações.

A Bienal é um sucesso, um momento mágico de interação entre os visitantes, editoras e autores. E, para mantermos esse encantamento, estamos sempre investindo em inovações, atentos às novidades e transformações tanto do mercado, quando da sociedade“, garantiu Marcos. “Em 2019, o objetivo é oferecer várias bienais dentro de uma, com espaços bem definidos para cada perfil de público“, completou.

Banner da 19ª Bienal Internacional do Livro Rio | Foto/Reprodução: Twitter Bienal do Livro Rio

Em 2017, o evento reuniu mais de 300 autores e convidados, 190 sessões de autógrafos e muitos outros acontecimentos, tudo isso, em 360 horas de programação. A edição também, bateu o recorde de público ao receber cerca de 640 mil visitantes, onde o esperado, eram 600 mil pessoas. Uma pesquisa interna revelou, que 93% do público voltaria numa próxima edição.

A Arena Jovem e o Café Cultural, ganharam as atenções dos visitantes, onde parte dos principais convidados e eventos, foram sediados nos dois ambientes. Para o próximo ano, os dois locais serão mantidos, e também, todo o evento, ocupará 500 m² de todo o pavilhão. Além disso, o público e editoras ligados a filosofia e negócios, terão vez e também, as pequenas editoras.

A 19ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro, ocorre dos dias 30 de agosto a 08 de setembro, no Riocentro, localizado na Av. Salvador Allende, 655, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. Ingressos e demais informações, ainda não foram divulgados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui