segunda-feira, 27, setembro, 2021

Brasil é o maior consumidor de jogos na América Latina

A ascensão de jogos eletrônicos faz o Brasil ser o maior consumidor do mercado gamer da América Latina.

A indústria dos games foi e continua sendo um grande aliado da evolução da tecnologia no mundo atual. Do memorável Atari até o recente Playstation 5, foram inúmeros investimentos das gigantes dos jogos para o desenvolvimento de dispositivos e softwares, que se tornaram extremamente necessários não só para trazer novidade aos jogadores, mas também para o avanço tecnológico de diversas outras áreas.

O reconhecimento facial e por voz, controles por gestos, gráficos realistas, displays de alta definição, realidade virtual, integração de plataformas, conexão entre players e armazenamento na nuvem são alguns dos recursos que ilustram a potência de criação do setor ao longo dos anos.

O crescimento não se restringe apenas à área tecnológica. É estimado que o mercado de games do Brasil em 2021 chegue a 94,7 milhões de jogadores. E diante da necessidade de apresentar novos formatos de entretenimento para os jogadores casuais, o Extra Life anuncia sua segunda edição em formato de websérie.

Idealizado pela Cross Networking, em co-branding com o Terra, o projeto reúne músicos, humoristas e influenciadores em times, para disputas amistosas em jogos conhecidos pelo público, contando com o auxílio dos youtubers Malena e Rato Borrachudo durante as partidas.

A premissa de trazer personalidades não habituadas com o universo dos games e duas figuras marcantes do segmento, é de abordar e aproximar, tanto os jogadores mais experientes, quanto os que não entendem nada do assunto.

Para Matheus Flandoli, diretor de conteúdo da Cross Networking, o Extra Life ajuda a criar uma nova perspectiva para o cenário gamer: “É importante mostrar o lado democrático do universo dos games, que abrange tanto os profissionais da área, quanto às crianças que jogam em seus tablets e smartphones. Não existe só a competição, tem as trocas, as conversas, a diversão“, afirma.

Na sua primeira edição, em outubro de 2020, o Extra Life apostou no formato de livestream, que, com a duração de sete horas, alcançou 22 milhões de pessoas. Essa marca representa o constante aumento de público no segmento. De acordo com levantamento da Pesquisas Game Brasil (PGB), só em 2020, houve um aumento de 7,1% de jogadores no país em relação ao ano anterior.

É estimado que 72% dos brasileiros consumam jogos eletrônicos, independentemente da plataforma. Além do público brasileiro ser em sua maioria adulto, com mais de 40% entre 20 e 30 anos.

Ainda sobre o perfil do jogador no Brasil, cerca de 51,5% do público de jogos eletrônicos no país é composto por mulheres, sendo a maior parte concentrada nos mobile games. O aumento da presença feminina no setor tem influenciado as indústrias a oferecerem mais diversidade em seus produtos, tornando-se cada vez mais inclusivas.

Mesmo sendo um caminho longo para que haja a equidade de gênero dentro do segmento, já é possível destacar algumas conquistas marcantes, como a adequação de alguns personagens de jogos para o público feminino e o investimento das competições profissionais em torneios entre mulheres.

Além de querer abranger diferentes públicos e os familiarizar com a crescente febre por jogos no país, o Extra Life também vê a necessidade de ajudar o próximo e espera mobilizar 50 mil em doações para instituições beneficentes. Em sua primeira edição, arrecadou R﹩13 mil em doações para instituições sociais, dentre elas a AbleGamers e Fraternidade sem Fronteiras.

O programa conta ainda com o apoio de marcas como Motorola, SuperCoffee, Vivo, BMW, Colgate Plax, Fiever e Outback. Para a sócia e diretora geral da Cross, Tatianna Oliva, a ascensão do mercado de jogos apresenta uma oportunidade valiosa para marcas potencializarem seus resultados. “O ecossistema dessa indústria é extremamente diversificado, o que abre diversas possibilidades para marcas que buscam novas oportunidades no meio. Podemos notar com o Extra Life, que os consumidores dessa indústria são fiéis e, priorizando as melhores formas de desenvolver um relacionamento entre marca, gamers e público, conseguimos criar espaços estratégicos nesse setor“, conclui.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,960SeguidoresSeguir
4,241SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave