terça-feira, 16, agosto, 2022

Campanha “No Vaccine For Climate Change” é lançada no Brasil

- Advertisement -

Uma campanha para aumentar a conscientização sobre a necessidade de proteger o cerrado brasileiro, conhecido como “berço das águas”, foi lançada no mês de novembro no Brasil e também nas cidades de Londres, na Inglaterra, e Glasgow, na Escócia, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26). 

Promovida pela RPMM Global, em parceria com a Rede Sementes do Cerrado (RSC) – uma organização sem fins lucrativos que trabalha com comunidades tradicionais do Cerrado, a campanha “No Vaccine For Climate Change”, na tradução para português, “não há vacina para a mudança do clima”, tem o objetivo de arrecadar fundos para continuar apoiando atividades de restauração ecológica, disseminação de conhecimento e geração de renda para as comunidades tradicionais do Cerrado, por meio de uma campanha crowdfunding. 

É urgente que ações de preservação de biodiversidade sejam realizadas, principalmente no Cerrado brasileiro, segundo maior bioma do Brasil e da América Latina. Para Mario Matos, fundador da RPMM Global, “o bioma Cerrado é considerado o reservatório de água do Brasil e a RSC mostra-se uma organização capaz de contribuir muito para a recuperação de áreas degradadas. A RSC une as comunidades para replantar as áreas perdidas para a agricultura intensiva e reverter os danos que estão sendo feitos”, explica.

Ações de lançamento aconteceram em diferentes cidades do mundo

No Brasil, um avião com o banner #novaccineforclimatechange sobrevoou a cidade do Rio de Janeiro e algumas de suas famosas praias, incluindo Copacabana, Ipanema, Leme e Leblon, por ser um local de grande visibilidade nacional. O objetivo foi chamar a atenção e gerar engajamento das pessoas para a causa, marcando e compartilhando a # nas redes sociais.

“Nossa campanha, além de chamar a atenção para as mudanças climáticas, visa também  a arrecadação de fundos a serem aplicados na preservação do Cerrado. Acredito que a proteção de qualquer bioma não acontece apenas pelo método de abandono, muito menos diminuindo o desenvolvimento de um país. Em nosso caso, apontamos o mais novo método de regeneração do Cerrado, através da colheita e posteriormente no lançamento de sementes em uma determinada área degradada. Estamos em uma fase inicial da campanha, e esperamos captar recursos através das 2 plataformas de financiamento coletivo já lançadas. Apesar das dificuldades, temos como objetivo aumentar as doações com a realização de um evento e quem sabe, um jantar de gala em Londres” afirma Raphael Collares, diretor de operações no Brasil da RPMM Global.

A RPMM Global também lançou um vídeo da campanha, que foi apresentado pelo jogador de futebol do Chelsea, Ruben Loftus-Cheek (www.instagram.com/rlc/), para o público em locais importantes de Londres, incluindo as Casas do Parlamento, juntamente com sites em Glasgow, onde a COP26 ocorreu. Assista ao vídeo abaixo.

A narração foi fornecida pela atriz Milanka Brooks (Black Mirror, The Windsors, Quatro casamentos e um funeral e a música foi fornecida pela banda The Irrepressibles

Campanha de arrecadação tem plataforma “tupiniquim”

Com o intuito de arrecadar doações no Brasil, foi criada uma plataforma no site Benfeitoria, no idioma português, com o objetivo de romper a barreira da língua e aumentar a confiança dos brasileiros nas doações para a campanha. Esta arrecadação terá duração de 60 dias e também conta com a participação da artista Aline Mollo (https://www.instagram.com/alinesart2021/), que irá ceder alguns quadros para impulsionar os acessos na plataforma e ajudar a atingir a meta da campanha. Artistas que também tem interesse em aderir a causa podem doar obras para impulsionar a campanha no Benfeitoria. As obras serão doadas como recompensa, como uma contrapartida em uma relação ganha-ganha.

O objetivo da #novaccineforclimatechange é arrecadar 100.000,00 mil libras para ajudar a RSC. Para a campanha brasileira, as doações podem ser realizadas pelo site da campanha.

Evento em Londres irá arrecadar fundos para o Cerrado brasileiro

Para 2022, a RPMM Global está planejando apresentar o “RPMM Live: uma experiência musical em Festival – uma consciência do tamanho de um planeta”, um evento anual de música e entretenimento ao vivo para aumentar a conscientização sobre as mudanças climáticas. O evento vai acontecer em Greenwich, em Londres, na Inglaterra, no Old Royal Naval College e o tema central será a preservação do bioma do Cerrado e as consequências das mudanças climáticas que vem afetando o nosso Planeta, destacando a parceria com a RSC.

Sobre o Cerrado brasileiro

O Cerrado abriga oito das doze bacias hidrográficas brasileiras e é uma das regiões com maior biodiversidade do planeta, abrigando 5% de todas as espécies, incluindo mais de 1.600 tipos de mamíferos, pássaros e répteis, e mais de 12 mil espécies de plantas. Nos últimos anos, esta região vem sendo devastada por incêndios criminosos e avanço da fronteira agropecuária, especialmente para produção de commodities.

“O Cerrado está acabando, mais de 50% já foi desmatado devido ao avanço da fronteira agrícola. A RSC se coloca como uma das soluções neste grande problema através da promoção da restauração ecológica associada às comunidades locais e tradicionais do bioma. Com isso, a gente consegue ter ganhos na área ambiental e também na questão social e econômica para os povos”, complementa Camila Motta, bióloga e presidente da RSC. 

Nas últimas semanas, a organização foi destaque na National Geographic e no programa Globo Repórter, da TV Globo, que destacaram as belezas do cerrado brasileiro e o trabalho que a RSC desempenha para a preservação do bioma. Com mais de 2 milhões de quilômetros quadrados, o Cerrado localiza-se na parte mais central do Brasil, incluindo os estados de Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal.

O Nerd Social é uma iniciativa do Lugar Nenhum.

Taranis
Taranishttp://www.thunderwave.com.br
Taranis é o Deus Celta do Trovão. Aqui no Thunder Wave, Taranis é na realidade uma mulher (alguns a conhecem como Daniela Carrano),mas não deixe se enganar, ela é mais macho que muito macho por ai... Um tanto quanto nerd e completamente sem vida social, é viciada em séries e tem um grande interesse por filmes, jogos e livros.

Artigos Relacionados

Tecnologia que permite o acesso de cegos e surdos aos cinemas é testada em São Paulo

Público formado por crianças e adolescentes com deficiências visuais e auditivas assistiu a uma sessão especial do filme 'Turma da Mônica - Laços'. A iniciativa da ABRAPLEX teve o objetivo de apresentar uma plataforma que possibilita acesso à audiodescrição, legenda e linguagem de libras em tempo real e gratuitamente

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Seja Social

Tecnologia que permite o acesso de cegos e surdos aos cinemas é testada em São Paulo

Público formado por crianças e adolescentes com deficiências visuais e auditivas assistiu a uma sessão especial do filme 'Turma da Mônica - Laços'. A iniciativa da ABRAPLEX teve o objetivo de apresentar uma plataforma que possibilita acesso à audiodescrição, legenda e linguagem de libras em tempo real e gratuitamente

Seja social também no Instagram

Siga no Instagram

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave