CCXP 22 | O lado verdadeiramente épico do evento

Nos primeiros dias de dezembro, 01 a 04, o São Paulo Expo, um dos maiores pavilhões da capital paulista, recebeu mais de 300 mil fãs apaixonados por cultura pop. O grande retorno da Comic Con Experience (CCXP), após dois anos acontecendo de forma virtual e vindo de uma pandemia que matou milhares, fez com que essa volta fosse muito singular e, sim, épica, como a própria organização gosta de chamar. Foi uma edição que contou com alguns percalços, mas que no fim deixou um gostinho de saudade e ansiedade para a próxima que acontecerá em 2023.

Quando deixei o evento um pouco depois das 18h50 do dia de domingo, foi um misto de cansaço, felicidade, saudade e tristeza, pois estava deixando um dos eventos mais legais de entretenimento e cultura pop. Mas uma coisa é real, a emoção dos fãs que ia desde olhos marejados, pessoas sorrindo, pessoas chorando, muita coisa aconteceu durante esses quatro dias e fizemos um compilado do que foi visto.

Leia também: CCXP 2022 | O lado escuro do evento

A experiência é um fator importante

Uma pergunta simples é: como a CCXP conseguiu agrupar mais de 300 mil pessoas em quatro dias e mesmo com um calor insano, uma chuva teimosa e filas extremamente enormes, ainda assim as deixou felizes? A feira estava incrível visualmente, com painéis muito aguardados, com ativações legais – um ou outra era ruim -, mas de qualquer modo, é no “X” que está nossa resposta.

De um lado para o outro o que vemos são lojas com produtos voltados para o público fã de filmes, séries, desenhos, etc. Seja uma blusinha com estampa do Mickey ou uma almofada com o formato do bolo de Harry Potter, já está valendo. Fato é que, a feira tem um valor comercial enorme, não é atoa que a cada duas ativações somos pegos de surpresa com uma loja cheia de produtos exclusivos. Mas esse não é o motivo que faz um fã gastar até R$3.000,00 num ingresso.

Um lugar cheio de cosplays, games, ativações, entrevistas com atores e produtoras incríveis, contato com quadrinistas talentosos, são fatores decisivos para elevar a experiência do público durante quatro dias de evento. E desde a recepção para retirada de credenciais até a diária no evento, é algo emocionante. Fica na memória as experiências que vivenciamos lá e o mais louco é que: não queremos que acabe.

CCXP 22 | O lado verdadeiramente épico do evento 1
Esse foi um dos cenários mais legais da Disney, ela caprichou muito em todos os espaços em que esteve presente / Acervo pessoal – Taigra Brandão

A edição acontece após dois anos de reclusão devido à pandemia mundial de coronavírus e foi uma experiência, por vezes, insana. Mas há recompensa. Na edição 2022, os estandes dos grandes estúdios e plataformas de streaming — Disney+, HBO Max, Netflix, Paramount, Universal, Warner e muita outras, marcaram presença massiva no evento e tudo foi pensado para alavancar a experiência e a emoção dos visitantes que estavam super ansiosos para vivenciar a CCXP da melhor forma possível.

Os cenários que chamavam atenção só de olhar

E foi no visual que muitas delas pegaram o público, pois as marcas estavam super criativas. Espaços vibrantes, coloridos, brilhantes, com luzes, com designs impecáveis, sem defeito. Vimos durante a nossa visita que muitas delas trouxeram suas principais produções ou as mais recentes para o evento como a Netflix, que trouxe Strangers Things, Bridgerton, Round 6 e outras.

A Prime Video também chegou com os dois pés no peito. A produtora trouxe um de seus grandes sucessos do ano como a série “Anéis do Poder“, com direito a um navio em tamanho real, além de ter trago um Balrog em versão real também. A produtora trouxe atrações mais imersivas como a ativação de Jack Ryan e a menos satisfatória na missão, “Perifericos”. Outro destaque da Prime, foi um jogo em que quatro participantes deveriam acertar o encaixe dos produtos da marca e quem fizesse em menos tempo, ganhava uma mochila. Foi bem legal, um pouco difícil, mas muito criativo.

Vimos muitos cosplays inspirados na série Anéis de Poder e foi uma experiência incrível. Durante a longa fila que aguardei para tirar foto no barco, conheci duas figuras muito simpáticas que estavam na minha frente e a todo momento, alguém os paravam e pedia uma foto. Enquanto a fila andava, minha amiga – fiz amizade na fila para a atividade de “Periféricos” e ficamos juntas desde então -, guardávamos o lugar deles para que eles tirassem foto com os fãs. Eles comentaram que começaram a fazer os adereços e as roupas em março deste ano e que mesmo com esse tempo, alguns detalhes ficaram de fora. Eles disseram que foi uma experiência incrível e que o incomodava era o calor. Nós sentimos isso também.

A Warner e o Globoplay também trouxeram experiências incríveis e instagramáveis como o espaço da Barbie e o Tobogã da streaming global. Rolou músicas legais e presenças importantes como a de Sabrina Sato e o seu vestido com bexigas. Além de brincadeiras como de O Gato de Botas 2 e ativações no escuro de The Last of Us, as marcas apostaram em cenários para fotos como os quadrinhos da Turma da Mônica, por exemplo. A CCXP trouxe uma infinidade de experiências bacanas para todos os gostos do público visitante. Um diferencial foram os brindes para que as pessoas pudessem guardar com carinho, além das fotos, é claro.

Os mais aguardados… os painéis e suas novidades em primeira mão

Sim, muita gente foi para a CCXP para conhecer a feira, mas uma parcela foi especialmente para ver a programação cuidadosamente organizada a dedo para aqueles que estão ansiosos para saber dos lançamentos das produtoras, assistir a entrevistas exclusivas com atores, diretores, produtores, artistas, influencers, e outras personalidades que fazem a alegria do público que desembolsou um pouco a mais para conferir de pertinho as novidades. Durante as exibições dos painéis, o público tem acesso a trailers e informações inéditas de lançamentos de filmes, séries e que chegarão num futuro não tão longe, por exemplo.

Porém, que comprou o ingresso mais simples, também teve a oportunidade de ver seus ídolos de Hollywood de forma mais breve, passando pelo espaço do Omelete — criador da feira no Brasil — e conversando com profissionais da comunicação como Mari Palma, por exemplo. Tudo isso, para que pudessem ter mais contato com o público completo da feira mais de perto. Durante a rodada de painéis, vimos atores globalmente conhecidos como Keanu Reeves, Hugh Grant, Chris Pine, Paul Rudd, Evangeline Lilly, Zoe Saldaña, Pedro Pascal, Bella Ramsay, Gwendoline Christie, Jenna Ortega, Noah Centineo e muitos outros, que emocionaram com suas entrevistas animadas. Essa mudança fez com que o evento ficasse mais democrático e inclusivo.

CCXP 22 | O lado verdadeiramente épico do evento 7

A própria organização diz que o Vale dos Artistas é o coração do evento e podemos comprovar que sim. Vários artistas estavam lá apresentando suas novidades já pela terceira ou quarta vez, mas tinham alguns que estava estreando. Foi um momento bem legal, pois o público consegue pegar aquele autógrafo muito aguardado e acontecem novos. Paramos na mesa B09 para conversar com a Bianca Aguiar e com a Brenda Bossato e foi um bate papo bem bacana. A Bia já estava na sua terceira vez no evento e ela contou que uma mudança perceptível foi a diversidade de mais mulheres artistas e mais LGBTs. Nas primeiras vezes que ela expôs, notou que tinha muito artista homem. E ela comentou com um ar de felicidade sobre a mudança bem positiva e a tendência agora é que aumente. Super animada, ela comentou que ficou com medo de estar no evento, pois não tinha muita arte nova, mas a artista tem muito talento e eu trouxe artes bem bacanas para casa.

CCXP 22 | O lado verdadeiramente épico do evento 11
Bia Aguiar (óculos), Branda Bossato (cabelo curtinho) e seu marido expondo na CCXP / Acervo pessoal – Taigra Brandão

Depois foi a vez de falar com Brenda Bossato que estava expondo pela primeira vez. Assim como eu estava indo a primeira vez, foi a primeira dela e foi muito especial. Ela que chegou misturando fantasia com terror de uma forma super meiga, fez a alegria da galera que ama esses dois gêneros e a apresentação das artes da Brenda não poderia ter sido mais fofa. Com bottons, livros, prints, estava tudo muito fofo e muito convidativo. Ela é muito simpática, estava acompanhada do marido e contou um pouco do trabalho dela numa entrevista em vídeo. Fã de Tim Burton, natural do Paraná, a artista contou sobre o seu livro lançado recentemente e que tem mais três projetos que serão lançados em breve.

Foi muito gostoso ter passado por essa área do evento e ter esse contato mais próximo dos artistas que expõem seus trabalhos na feira. Tem muita diversidade, muito artista talentoso que merece a nossa visita e a conversa, é claro.

Cosplay ou fantasia, eis a questão!?

CCXP 22 | O lado verdadeiramente épico do evento 12
Catarinense vence concurso de melhor cosplay na CCXP 22 / Reprodução G1

Muitos cosplays na feira, alguns participando na competição, outros indo por irem mesmo e foi incrível. O show de caracterização incrível. É um universo à parte e muito criativo. Enquanto andava pelo pavilhão, vi diversos homens aranhas, vi gente fazendo fila para tirar foto com Darth Vader e Stormtrooper. Confesso que tive vontade de ir caracterizada também. Mas não foi apenas Marvel e Star Wars que fez a alegria dos visitantes, a beleza das princesas da Disney e as inúmeras Wandinhas que estavam mostrando a força da personagem recém chegada na Netflix, provou que a criatividade não tem limite.

E o que podemos esperar da edição 2023?

A CCXP mostrou que experiência vende e pode fidelizar. A feira estava bonita e com marcas que usaram até a última gota da criatividade como o Banco Next que promoveu interações e brincadeiras incríveis em seu espaço. Outra que deu as caras foi a emissora SBT com o seu Elevador e com a Helen Ganzarolli de Mulher Maravilha encantando a multidão. Mas a feira pode ser muito lucrativa e vimos marcas conhecidas como Lupo, Outback, China in Box, Fanta, Chilli Beans, Faber Castell, Estrela, Pernambucanas, Riachuelo, Candide e outras tiveram o estoque quase esgotado até o fim do evento. Foram quatro dias de muita animação e que o épico volte ainda mais épico em 2023.

Até a próxima edição, CCXP!

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
2,998SeguidoresSeguir
4,049SeguidoresSeguir

Receba as novidades

Fique por dentro de todas as novidades do site em primeira mão!

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Stage

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave