domingo, 5, dezembro, 2021

Clímax Jogo, a desconstrução da desigualdade

- Advertisement -

A empresária Maisa Miranda, CEO e criadora do Clímax Jogo, desenvolvido para desconstruir e ensinar sobre educação sexual e sexualidade por meio de desafios, falou sobre como funciona o seu negócio, como ele pode mudar as percepções das pessoas e sobre o empreendedorismo feminino.

Aos 27 anos, Maisa, que também é sócia em outro negócio de franquia e formada em Comércio Exterior, contou que suas experiências profissionais e pessoais, até aqui, foram fundamentais. “Eu sou idealista, gosto de novos projetos e chegar até foi quase que natural. Minha percepção de mundo mudou quando morei fora do Brasil. Eu encontrei diferentes culturas e temperamentos, vi como o sexo, parte principal do jogo, era tratado e como surgia em conversas nas festas ou bares. Foi a partir disso que entendi que o Clímax, em algum momento, seria realidade”, conta.

Mas chegar até aqui, como comentou Maisa, foi difícil e envolveu definir prioridades. “Trabalhei por muitos anos com Comércio Exterior. Decidi largar tudo, a estabilidade e certeza de ter o salário no fim do mês, quando eu não conseguia parar de pensar como as pessoas reagiriam jogando o Clímax. Aprendi com muitos empresários, de diversos ramos, que em algum momento eu teria que fazer uma escolha. E eu decidi por isso para dar total atenção ao projeto”, revela a empreendedora.

A desconstrução da desigualdade

Ela contou que a criação do Clímax Jogo se deu no deu dia a dia. “No meu ciclo de amigos e família notei que havia muito desconhecimento sobre educação e isso em deixou preocupada. Por isso criei o jogo, que atende a uma diversidade de público, assim as pessoas podem aprender mais sobre o tema, sem preconceitos, julgamentos e barreiras. Se você tem maiores de idade, entre 25 e 35 anos, sem informação sobre o tema, o que será das gerações que estão vindo e das pessoas que não tem acesso à informação?”, explica.

Voltado também para casais e solteiros, o Clímax visa ampliar o esclarecimento acerca do sexo e sexualidade, promovendo harmonia e respeito com todos os perfis de público. “O objetivo principal do jogo é criar um ambiente sem protocolos, onde as pessoas façam desafios, se conheçam e falem sobre si, mas com nada que seja invasivo, mas com diversidade, onde as pessoas vão se colocar na desconstrução e vão ganhar informação”, evidencia Maisa.

Empreendedorismo feminino

Por fim, Maisa comentou sobre ser mulher e buscar seu espaço no empreendedorismo, que ainda está muito envolvido pelo machismo. “É muito difícil para a mulher empreender, apesar de tudo estar encaminhando para um melhor momento. Temos um pouco mais de liberdade e alguma coisa de autonomia, mas ainda há uma discrepância muito óbvia, em especial no mundo dos negócios, onde algo que falamos ainda precisa da chancela masculina para validação”, finalizou.

Clímax Jogo

Foi criado para juntar pessoas dispostas à desconstrução, ensinamentos, com muitos desafios. Partindo do princípio de liberdade, nenhum participante é obrigado a realizar os desafios mais quentes, entretanto penalidades leves (ou não) poderão ser aplicadas.

Num ambiente sem julgamentos, a dinâmica do jogo contém perguntas pessoais, de conhecimentos gerais voltados à educação sexual ou sexualidade e desafios bem peculiares.

O Nerd Social é uma iniciativa do Lugar Nenhum.

Cronos
Rei dos titãs e o grande deus do tempo! Como o Titã, Alan Uemura devora tudo relacionado ao universo nerd em qualquer lugar do tempo e do espaço! Allons-Y!!!

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Seja Social

Seja social também no Instagram

Siga no Instagram

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave