segunda-feira, 26, outubro, 2020
Início Eventos Cobertura Eventos Coletiva de Imprensa: Mark Gatiss

Coletiva de Imprensa: Mark Gatiss

Mark Gatiss

 O produtor Executivo e co-criador de Sherlock, também um dos roteiristas de Doctor Who e Ator, Mark Gatiss, esteve no Brasil como um dos palestrantes da RioContentMarket. Ontem (15) o ator esteve em uma coletiva de imprensa em São Paulo, organizada pela BBC Worldwide e a Livraria Cultura. O Thunder Wave marcou presença nessa coletiva e venho aqui mostrar os destaques da coletiva:

O primeiro destaque, claro, é o próprio Mark Gatiss. Quem é familiarizado com ele sabe que bom humor e simpatia são suas maiores características e essa coletiva só reforçou essa afirmação.Durante todos os momentos o ator não tirou o sorriso do rosto e não foram raras as vezes em que respondeu à uma pergunta com um pitadinha de humor.

*Atenção: Pode conter spoilers para quem não está em dia com Sherlock e Doctor Who*

DSCF1015

Começarei com uma das perguntas que julguei mais interessantes:

“Por que você acha que essa nova geração está tão viciada em Sherlock, sendo que  é um personagem criado à mais de 100 anos atrás. Estamos acostumados com histórias mais banais atualmente e qual seria, na sua opinião, o motivo delas estarem tão fisgadas por Sherlock e Mycroft?”

Resposta nas palavras de Gatiss: “Contarei um segredo, a televisão tem uma substancia que vicia, é só apertar um botão e ela é liberada. Acho que com Sherlock as pessoas reconhecem  que fazemos bem, gastamos muito tempo e contratamos uma boa equipe. Nunca fazem um show como esse porquê não acham que a audiência é inteligente o bastaste.Geralmente você gosta porque é esperto demais e você acompanha porque quer ser inteligente igual.”

Na sequência de perguntas interessantes, temos uma em relação à semelhança entre os personagens Doctor e Sherlock Holmes, devido ao fato dos dois serem Gênios, Excêntricos, e acabarem prejudicando à quem está perto. Foi perguntado à Gatiss se essa semelhança seria uma influência de Sherlock na criação do Doctor ou apenas um esteriótipo que esse tipo de personagem carrega. “Conseguimos ver uma grande quantidade de Sherlock no Doctor de 50 anos atrás, principalmente no primeiro que não era tão apaixonável. Claro que existem algumas semelhanças nos atuais porquê eu e Steven Moffat trabalhamos nos 2 shows. Obviamente eles não são o mesmo personagem, mas há várias razões para ser achar que há semelhanças entre eles, e não é o casaco também, é porque eles são muito distintos, atrativos e excêntricos. Steven costuma falar que o Doctor é basicamente um anjo que quer ser um humano e Sherlock é um Humano que quer ser um anjo.” Foi a resposta de Gatiss.

Mark Gatiss ColetivaQuando perguntado sobre os rumores da internet de que Moffat pretende sair nessa temporada de Doctor Who e Peter Capaldi pretende ficar apenas uma temporada vivendo o Doctor, Gatiss mostrou todo seu desgosto pelos rumores com essa resposta: “Rumores da internet são incríveis. Sempre fico surpreso e me lembra de Nostradamus, todo ano alguém publicava um livro dele com previsões que não aconteciam. No ano seguinte  publicavam outro e ninguém dizia: “Mas olha, o antigo não aconteceu”. Para mim os rumores na internet são iguais, fico impressionado pelo fato de que quando nenhum deles acabam sendo verdade, as pessoas não param de acreditar nele. Por quê Peter iria querer fazer somente um ano de Doctor Who? Acho isso muito estranho e pelo que sei  Steve pretende continuar por um longo tempo ainda e espero que continue.” “Portanto não acredite em tudo que lê, a menos que seja escrito por mim.” Acrescentou rindo.

Gatiss também explicou que Sherlock nunca terá mais do que 3 episódios por temporada, já que as gravações são muito demoradas e os atores não tem muito tempo disponível. Nas palavras dele: “Originalmente fizemos um piloto de 1 hora, para fazer 6 horas por temporada mas a BBC pediu para fazer 9 horas dividido em 3 episódios, pois esse formato já tinha funcionado em Wallander. Atualmente a BCC daria o sinal verde para qualquer mudança, se pedirmos 19 episódios eles diriam sim. Estamos fazendo basicamente 3 filmes por temporada e isso dá muito trabalho, não teríamos tempo para fazer 6 episódios por ano. Nossos atores viraram estrelas internacionais e está cada vez mais difícil conciliar as gravações.” Ele também descartou qualquer possibilidade de um Spin-Off de Doctor Who, alegando que também não teria tempo para mais gravações “Vocês querem esses 3 episódios de Sherlock gravados, não é? Não teríamos tempo para um Spin-Off de Doctor Who.”

Sobre o processo de escrita dos roteiros, foi perguntado à Gatiss se ele segue uma linha lógica ou se as idéias vão surgindo e depois ele junta tudo. Gatiss respondeu: “O processo de escrita é o que todos que escrevem descrevem como Inferno. Na verdade é bem simples, você encara a página em branco até sua testa sangrar.” disse com humor.  “Eu tento fazer numa linha mas eventualmente alguma ideia acaba te distraindo e tudo muda.”

Gatiss declarou, quando lhe foi apontado o fato, que a maioria dos episódios de Doctor Who se passa no passado pelo fato do mesmo gostar muito de história. “Eu amo história, escrevi um episódio sobre terrorismo que é no presente mas realmente escrevo mais no passado por amar história. Meus episódios favoritos do clássico Doctor Who é quando ficção e história se juntam, são os melhores.”

Descobrimos nessa coletiva que o episódio favorito de Sherlock de Gatiss é ‘A Scandal In Belgravia’ (primeiro episódio da segunda temporada). E de Doctor Who, dos que ele escreveu, ‘The Crimson Horror’ (décimo primeiro episódio da sétima temporada, o centésimo episódio sem contar os mini-episódios).

Por fim, foi perguntando sobre a repercussão do episódio especial de 50 anos de Doctor Who em todo mundo, como foi organizar esse evento especial e se era esperado tanto sucesso.”Não sei sobre a organização pois não era minha responsabilidade. Eu fiz  Adventure in Space em Time, essa foi minha contribuição para o especial. Eu acho que Moffat fez um trabalho incrível, é quase impossível agradar a todos e acredito que ele conseguiu. Foi uma incrível história, com elementos do passado e tem as referencias dos Doctors antigos,  junto com as sobrancelhas de Capaldi que deixou o mundo em êxtase. No Britsh films, onde eu estava assistindo ao vivo, quando Tom Baker aparece falando, o cara sentado atrás de mim ficou “ohhh”. É fantástico. Foi um sucesso inesperado todos assistindo no cinema, foi o numero 2 nas bilheterias americanas.” respondeu Gatiss.

Para finalizar os destaques dos eventos, fiquem com esse perfeito cosplay de Doctor Who:

Cosplay Doctor Who

Sobre Mark Gatiss:

Mark Gatiss é um produtor, roteirista e ator britânico, mais conhecido por seu trabalho como roteirista em Doctor Who, Produtor em Sherlock e pelo seu papel como Mycroft na mesma série.  Graças à paixão que nutre por Doctor Who desde a infância, seu início como roteirista foi integralmente voltado para a serie. Sua primeira ficção foi uma sequência de livros chamada New Adventures, pela editora Virgin, justamente sobre Doctor Who. 

O primeiro sucesso do britânico na televisão foi como integrante do programa de comédia The League of Legends, onde foi roteirista e ator.

Ao lado de Steven  Moffat, Gatiss é um dos poucos autores a terem roteirizado episódios para os últimos 4 Doctors da era moderna de Doctor Who (2005). Inclusive, seus primeiros episódios são notáveis em mesclar elementos da série com símbolos e eventos tradicionais britânicos.

Outros trabalhos de Mark na televisão incluem episódios escritos para Nighty Nighty; para a minissérie fantasmagórica Crooked House, a qual ele também produziu; 2 episódios do Poirot, de Agatha Christie; sua adaptação para o livro de HG Well, The First Men in The Moon, além de todos os episódios das séries de documentários A History of Horror e Horror Europa, onde foi também apresentador.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,000FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Conheça o SigridWave, tradutor de jogos da Acer

0
Também são anunciadas funcionalidades para aprimorar a competição em alto nível, como um framework para organizar torneios.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
Coletiva de Imprensa: Mark Gatiss 5

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave