sexta-feira, 27, maio, 2022

Crítica | A Mentira

A Mentira volta aos teatros após sucesso em 2019. A peça traduzida, dirigida e estrelada por Miguel Falabella é uma versão do original francês escrito pelo dramaturgo Florian Zeller. Com um humor leve e de fácil compreensão, a peça é uma boa reflexão em tempos modernos permeado por notícias falsas e mascaradas.

Alice (Danielle Winits) fica surpresa após ver o marido de sua amiga com outra mulher e não consegue lidar com o conflito entre contar a verdade ou não. Seu marido, Paulo (Miguel Falabella) tenta convencê-la a não falar nada, defendendo assim a mentira. Será que realmente é necessário falar a verdade a todo momento? Ou a mentira no momento certo pode ser considerada uma “delicadeza”? Questionando a todo momento onde se encontra essa linha tênue, as reflexões que a peça trás são regadas de humor e um excelente jogo entre os atores.

O que poderia ser uma discussão entre qualquer casal se torna uma busca por quem está sendo sincero, é impossível não se envolver e tentar apostar as suas fichas em quem tem a razão, se Alice por querer contar a verdade ou Paulo, que acredita que não deve se envolver e causar desconforto para o melhor amigo, Michel (Frederico Reuter) e sua esposa Laura (Alessandra Verney).

Crítica | A Mentira 1
A Mentira | Divulgação

O desfecho da peça faz com que tudo se encaixe, sem abrir ou dar brechas para segundas interpretações, o que faz com que se torne ainda melhor. Mesmo quando a verdade é dita, ela pode ser encarada como mentira, se a pessoa realmente não quiser acreditar que é real. A reflexão fica sobre quando a verdade deve ser exigida e quando a mentira é apenas uma fuga para evitar conflitos, devemos ser sinceros o tempo todo? A que custo?

A Mentira possui um apelo especial para casais e pode levantar boas discussões, não só sobre relacionamentos amorosos, mas para qualquer tipo de relacionamento que temos. Além disso, fica a reflexão, até onde a verdade que é contada condiz com os fatos e não com uma narrativa? A história sempre tem lados diferentes, a que se sabe é a que é contada, e toda história tem um viés, mais ou menos distante do real.

A peça estreou dia 04 de março no Teatro Claro em São Paulo e fica em cartaz até 29 de maio.

Nota do Thunder Wave
A Mentira possui um apelo especial para casais e pode levantar boas discussões, não só sobre relacionamentos amorosos, mas para qualquer tipo de relacionamento que temos. Com humor e muitas risadas é uma peça que envolve e cativa.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
4,220SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
A Mentira possui um apelo especial para casais e pode levantar boas discussões, não só sobre relacionamentos amorosos, mas para qualquer tipo de relacionamento que temos. Com humor e muitas risadas é uma peça que envolve e cativa. Crítica | A Mentira
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave