terça-feira, 2, março, 2021
Início Crítica O Brasil no Oscar: A vida invisível

O Brasil no Oscar: A vida invisível

A vida invisível foi o filme escolhido para representar o Brasil no Oscar, e o filme baseado no livro A vida invisível de Eurídice Gusmão de Martha Batalha.

O elenco é constelado com grandes nomes da dramaturgia nacional como Carol Duarte (A força do querer, O sétimo guardião), Julia Stockler (Só garotas, Jungle pilot), Gregorio Duvivier (Desculpe o transtorno, Porta dos fundos) e Fernanda Montenegro (Central do Brasil, Olga).

A trama chega para a disputa “pré Oscar” onde serão escolhidos os indicados a melhor filme internacional, nesta disputa há 93 longas, desta lista dez filmes serão selecionados para uma lista que será anunciada no dia 16 de dezembro de 2019. Destes dez, cinco serão indicados como finalistas ao Oscar, sendo divulgados no dia 13 de janeiro de 2020.

O filme se passa no Rio de Janeiro dos anos 50, e trabalha muito bem essa ambientação, o período é contado inicialmente através de elementos de cenas, e durante o filme passa a ser explicitado em diálogos.

O longa conta a história de uma família formada pelo casal de portugueses Manuel (António Fonseca), Ana (Flávia Gusmão) e suas Filhas Guida (Julia Stockler) e Eurídice (Carol Duarte), a família é uma família que segue certos costumes e tradições da época.

Eurídice é a mais nova, e sua paixão é seu piano, e é considerada por todos a sua volta uma jovem talentosa e promissora no meio da música, enquanto sua irmã mais velha não tem suas aptidões tão exploradas.

O Brasil no Oscar: A vida invisível 1

O destino acaba separando as irmãs, e causando uma enorme saudade entre as duas, pois uma jamais se esquecem uma da outra no tempo em que estão longe, mesmo com suas famílias se formando através de casamento e filhos, as personagens ainda sentem um vazio.

O filme retrata a maneira machista em que as famílias eram criadas na época, onde a palavra do pai e marido são consideradas a palavra final, e mostra as diversas maneiras em que as mulheres eram vistas na época. Esse ponto é explorado muito bem no filme, desde a vida das irmãs dentro de casa até o casamento, quando os costumes permanecem, a única alteração é o homem que está no controle.

O longa tem uma história forte abordando diversos aspectos familiares, e acaba se esbarrando ainda na atual realidade de nossas sociedades, quando aborda a questão do “sumiço” de parentes próximos.

No decorrer da trama temos alguns takes de momentos do passado que acabam ficando gratuitos em um primeiro momento podem causar estranheza, mas no final acabam culminando em momentos de fortes emoções.

A trama consegue justificar a escolha para a disputa do Oscar, com um drama que possui breves momentos de respiro com piadas bem colocadas, porém os problemas enfrentados pelas irmãs tomam maior parte da tela, mostrando que a produção é diferente do habitual em filmes deste tipo.

Mas por que devo ver este filme?

O filme será o representante do nosso país na corrida pelo Oscar 2020 (E apenas isso já bastaria pelos aficionados pela 7ª arte), mas além disso ainda temos uma representação do Rio de Janeiro dos Ano 50 com diversos elementos da cultura nacional como o samba, futebol e as noite cariocas, além de mostrar como atitudes machistas de mais de meio século atrás ainda se repetem na sociedade de hoje, e claro, a importância que devemos dar para quem está ao nosso lado.

O filme leva 4 de 5 vidas.

A vida invisível estreia 21 de novembro, confira o trailer:

https://www.youtube.com/watch?v=ZLsldnY0m_s

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,937FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,349SeguidoresSeguir

Magic: The Gathering anuncia crossovers com Senhor dos Anéis e Warhammer...

0
Coleções farão parte de Universes Beyond, uma série que combina o gameplay de MTG com universos, personagens e histórias adorados por milhões de fãs em todo o mundo.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
O Brasil no Oscar: A vida invisível 8

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave