sábado, 23, outubro, 2021

Crítica | Abominável

Quem nunca escutou histórias do Yeti, abominável homem das neves, Homem das montanhas ou qualquer outra denominação que submetesse à criatura monstruosa que vive em montanhas geladas?

A DreamsWorks trouxe a história desta criatura para o cinema de uma maneira bem light, e recomendada para toda a família em seu novo filme. Abominável foi produzido em conjunto com a Pearl, outro estúdio da Comcast, localizado na China, e isso é de suma importância quando falamos do longa.

A história do Yeti é uma lenda originalmente oriental, com relatos vindo da cordilheira do himalaia (Paquistão, Índia, China, Tibete, Nepal e Butão), e a mística se concentrou ainda mais no Everest, a maior montanha do mundo.

Everest”, como o grandão fica conhecido pelos personagens do filme, é um filhote de Yeti perdido em Xangai, onde não conhece nada nem ninguém, e tem a missão de se esconder do Sr.Burnish, um excêntrico milionário que quer provar a todo custo que a criatura existe, nem que para isso tenha que matar o grandão.

Yi, é uma adolescente que mora com sua mãe e avó, porém é cheia de mistérios e passa boa parte de seu tempo na rua longe de seus familiares, e aos poucos a trama nos mostra o porquê, e quais segredos ela guarda.

Em uma dessas aventuras da garota, o caminho dela se cruza com o do Everest, e ao ver que a criatura tinha sua liberdade ameaçada, Yi resolve ajudá-lo levando de volta para sua casa. Nesta jornada, a dupla ainda conta com a ajuda de de Jin, um jovem galanteador, e ligado em redes sociais e de seu primo, Peng, um garoto que adora jogar basquete.

Crítica | Abominável 1

O filme apresenta uma aventura para toda a família, mostrando os quatro fugindo dos capangas do Sr. Burnish e de sua zoóloga, a Dra. Zara.

A ambientação, e visual do filme é um dos pontos fortes, pois a história começa em Xangai, e passa por diversos pontos da China, e nesse quesito a participação da Pearl na criação, foi algo fundamental, pois as paisagens são recriadas de uma maneira magnifica, e quando combinada à palheta de cores e contrastes da animação, causam uma sensação agradável aos olhos.

Os personagens são muito bem desenvolvidos, tendo aos poucos suas histórias e personalidades sendo reveladas de uma maneira mais profunda, deixando o espectador pouco a pouco mais íntimo dos protagonistas.

A trilha sonora é destaque no longa, desde as músicas tocadas por Yi no violino, até as inseridas de maneira não diegética.

Crítica | Abominável 2

Uma animação como essa, não poderia deixar de fora o humor, e o filme causa gargalhadas em todas as idades, com piadas que vão desde a inocência do Everest, até o comportamento dos capangas do Sr. Burnish.

Os laços familiares, é um dos temas centrais do longa, mostrando a afetividade entre os personagens, e que as vezes o que mais procuramos está mais próximo do que imaginamos.

O filme contém uma cena pós créditos, e os créditos em si, são um show à parte.

Abominável leva 3,5 de 5 vidas.

O longa chega aos cinemas brasileiros dia 26 de setembro, confira o Trailer:

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,959SeguidoresSeguir
4,238SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave