segunda-feira, 27, setembro, 2021

Crítica | Bom Dia, Verônica – 1ª temporada

Baseado no livro homônimo de Raphael Montes e Ilana Casoy, Bom Dia, Verônica é a nova aposta da Netflix. A série nacional trata de violência contra a mulher e assuntos bem relevantes, enquanto apresenta uma interessante investigação de casos que foram baseado em acontecimentos reais romantizados no livro.

A trama é centrada em Verônica Torres (Tainá Müller), uma policial que trabalha na parte burocrática da policia, mas começa uma investigação por conta própria quando presencia um suicídio que traz a tona questões de seu passado. Enquanto ela ajuda no caso de um homem que engana, droga, rouba e se aproveita de mulheres que conheceu em um site de namoro, ela se depara com Janete (Camila Morgado), que vive um relacionamento intensamente abusivo, onde seu perigoso marido (Eduardo Moscovis) é um cara influente e um verdadeiro serial killer.

Crítica | Bom Dia, Verônica - 1ª temporada 1

Com um ritmo instigante, Bom Dia, Verônica prende o espectador enquanto mostra críticas bem acertadas e mensagens importantes. Indo além da parte policial, a obra apresenta momentos onde o preconceito contra a mulher são gritantes, quando o lado feminino não é ouvido, quando seus problemas não são importantes e, principalmente, a imagem de que tudo é culpa da mulher. Em várias cenas é evidente o quanto a prioridade é parecer que está tudo certo, e não proteger as mulheres que precisam de ajuda.

Essa crítica é tão forte na série, que podemos notar esses comportamentos sendo aplicados inclusive por mulheres, que por terem um status maior em sua carreira, acham que podem menosprezar os problemas alheios e tratá-las como inferiores.

Veja também: Resenha | Bom Dia, Verônica

A equipe de roteiro, supervisionada pelos escritores do livro, acertam ao tocar nesses pontos, sem tentar impressionar com o visual e focando em mostrar o lado emocional e psicológico dos traumas sofridos. Essa mensagem fica ainda mais gritante com o apoio das ótimas atuações. Todo o time do elenco entrega lindamente sua parte na trama, deixando a obra muito apreensiva e profunda.

Bom Dia, Verônica estreia como um grito de socorro de todas as mulheres que já sofreram qualquer tipo de abuso em suas vidas. Seu objetivo é evidente, tanto que a empresa teve o trabalho de, certeiramente, colocar ao final de cada episódio o contato que deve ser acionado pelas mulheres que sofrem algum tipo de violência.

Nota do Thunder Wave
Instigante e profunda, Bom Dia, Verônica trata de assuntos importantes e presta um ótimo serviço para a sociedade.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,960SeguidoresSeguir
4,241SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave