A cachorrada do palácio da Rainha Elisabeth II está trazendo altas aventuras aos cinemas na animação Corgi: Top dog, com estreia para o mês de setembro nos cinemas brasileiros.

Dos estúdios Belga Production e Wave Pictures, com distribuição pela Imagem Filmes, dirigido por Ben Stassen (Big pai, Big filho) e Vincent Kesteloot (As aventuras de Robinson Crusoé), Corgi: Top dog é contado a partir de seu personagem principal Rex (João Guilherme), um dos cachorrinhos da raça Corgi que possui um carinho especial da rainha Elisabeth II e que chega no palácio causando muita confusão e ciúme nos outros cachorros por ter sido nomeado o Top Dog, ou seja, o cão favorito. A partir daí, muitas aventuras começam a se desencadear, desde o sumiço de Rex do palácio real, tendo sido planejada por Charlie, outro Corgi da rainha que quer tomar posse do título de Top Dog, até a tentativa de Rex para retornar ao palácio.

Corgi: Top dog | Imagem Filmes

A animação é muito bem feita, com efeitos bem produzidos e falas inteligentes, que condizem com a classificação etária, recomendada para maiores de dez anos. Algumas cenas podem até ser interpretadas com sarcasmo, como por exemplo a aparição do personagem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que surge em algumas cenas tirando selfies do palácio e com a própria rainha. Sua esposa, a primeira dama Melania Trump, também aparece em alguns momentos com sua cadelinha bem mimada.

Apesar de ser mais uma animação com o contexto de aventura do personagem principal que possui um propósito, o filme se diferencia justamente por essas tiradas inteligentes em seus diálogos, mesmo que discretamente e que pode agradar tanto o público infanto-juvenil, quanto os adultos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui