sexta-feira, 27, maio, 2022

Crítica | Exorcismo Sagrado

Exorcismo Sagrado (The Exorcism of God) promete ser um filme de terror diferente de tudo o que você já viu, mas acaba caindo em diversos clichês, com um roteiro previsível e efeitos especiais medianos. Consegue escapar de se tornar risível, mas acaba sendo mais do mesmo.

O padre Peter (Will Beinbrink) se encontra em uma situação difícil quando está frente a frente de uma garota possuída, seu mentor não chegará em tempo para realizar o exorcismo antes do corpo de Magali (Irán Castillo) sucumbir e então, resolve performar o ritual sozinho, mesmo não tendo acabado o seu treinamento. Após 18 anos desse dia, o padre é o responsável por uma comunidade carente no México, sendo tratado como homem santo, mas escondendo o seu sacrilégio durante todo esse tempo. Com pesadelos que ocorrem todas as noites, o padre é convocado para visitar uma detenta no presídio que está sob suspeita de estar possuída e será preciso enfrentar não só os seus pecados, mas o seu passado também.

Crítica | Exorcismo Sagrado 1
Exorcismo Sagrado | Imagem Filmes | Divulgação

Partindo de um lugar-comum com diversos outros filmes do gênero, consegue ser consistente em sua história, mesmo que não existam grandes surpresas ou reviravoltas. É interessante como em Exorcismo Sagrado, mostram que não apenas pessoas comuns estão suscetíveis a serem possuídas por demônios, mas que dentro da própria igreja isso pode acontecer. Com cenas em que Jesus Cristo e a Virgem Maria estão possuídos por seres malignos, é possível compreender que o próprio mal expande as suas asas no que deveria ser santo e sagrado, basta apenas que haja uma abertura para que ocorra.

Não é porque uma pessoa é considerada santa que é impenetrável contra o mal. As circunstâncias podem fazer parte da decisão entre quais dos males é o menor, e o próprio sacrifício por mais nobre que seja, pode ser a brecha que estão aguardando para que a corrupção invada aquela pessoa. Se resume ao dilema do bonde, onde nos dois caminhos ocorre algo ruim, mas como pesar qual é o menor deles? O retrato final, nada mais é do que a luta do bem contra o mal, onde não há exatamente um vencedor, ocorre constantemente, a todo momento.

Crítica | Exorcismo Sagrado 2
Exorcismo Sagrado | Imagem Filmes | Divulgação

A caracterização das possessões se baseia em grandes clássicos do terror como O Exorcista, extremamente caricato e pesado, além de colocarem referências claras a cena tão icônica. Apesar de poder ter sido melhor trabalho a parte de caracterização, por não ser algo que foge do usual, o reconhecimento se torna mais fácil.

A rede de cinemas Cinemark realiza a Noite do Terror no dia 08/02, que celebra o lançamento do filme em uma experiência imersiva que promete dar sustos dentro e fora das telas.

Nota do Thunder Wave
Exorcismo Sagrado promete ser um filme de terror diferente de tudo o que você já viu, mas acaba caindo em diversos clichês, com um roteiro previsível e efeitos especiais medianos. Consegue escapar de se tornar risível, mas acaba sendo mais do mesmo.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
4,220SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
Exorcismo Sagrado promete ser um filme de terror diferente de tudo o que você já viu, mas acaba caindo em diversos clichês, com um roteiro previsível e efeitos especiais medianos. Consegue escapar de se tornar risível, mas acaba sendo mais do mesmo.Crítica | Exorcismo Sagrado
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave