segunda-feira, 29, novembro, 2021

Crítica | Guia Astrológico para Corações Partidos

Reunindo muito humor e astrologia, a história acompanha a jornada de Alice.

Surfando na onda das produções baseadas em livros que fazem muito sucesso com o público internacional, a Netflix sabe mesmo como fazer sucesso e a aposta da vez é o lançamento da série Guia Astrológico Para Corações Partidos, inspirada na popular obra literária de Silvia Zucca que é uma produção italiana, que tem tudo para conquistar fãs de histórias leves e divertidas, marcadas por muito romance e situações inesperadas.

Antes de falarmos sobre a adaptação vamos conhecer um pouco sobre a sua autora. Guia Astrológico Para Corações Partidos é um livro chick-lit da italiana Silvia Zucca, publicado no Brasil em 2016 pela editora Suma. A autora é formada em Inglês e Literatura, e, como a protagonista de seu romance, trabalhou durante anos para uma pequena rede de televisão. Sua verdadeira paixão, no entanto, sempre foi a escrita, e agora se dedica em tempo integral a ela, tanto como tradutora quanto como autora. Além disso, autora contribuiu como consultora na série e dar seu selo de aprovação à trama da plataforma.

Leia também Resenha | Susan Não Quer Saber do Amor

Com o mesmo nome do livro em que é baseado, “Guia Astrológico Para Corações Partidos” acompanha Alice, uma mulher de 30 anos que não se sente realizada com o rumo de sua vida profissional e amorosa. Sem perspectivas de ascender no trabalho e com relacionamentos que nunca vão para frente, a protagonista jura que está vivendo um inferno astral, que é um fenômeno astrológico em que a vida da pessoa parece sair dos eixos. Para completar o desastre, Alice recebe, ao mesmo tempo, a notícia de que seu ex-namorado irá se casar e de que a empresa em que trabalha contratou um consultor para demitir metade do pessoal.

Ficha Técnica | Guia Astrológico para Corações Partidos - 1ª Temporada  (Original Netflix) - Entreter-se
Claudia Gusmano é Alice. a protagonista cética que passa a acreditar em astrologia / Reprodução Netflix

A primeira impressão que temos é que a série não se leva a serio, mas de forma sutil e gradativa ela nos faz refletir sobre como baseamos nossas vidas amorosas. Uma das questões que surgem é o por que crescemos assistindo comédias românticas se histórias assim nunca acontecem na vida real? Parece que a trama irá subverter-se ao gênero, mas não. A protagonista quer ter a sua própria história de comédia romântica. Ela quer encontrar o seu próprio amor e ter um final feliz.

Tudo muda quando ela conhece e se torna amiga de um carismático guru astrológico que também é um ator conhecido, Tio. Inicialmente, Alice não acredita que os astros e suas personalidades podem ser algo para levar em conta quando se trata de amor. Porém, passa a analisar as estrelas para encontrar seu par perfeito – apostando no poder do zodíaco para melhorar sua vida amorosa e ter o seu happy ending.

Um ponto positivo é que a produção italiana não foca nos horóscopos clichês encontrados em qualquer jornal ou revista, o assunto é analisado de forma mais profunda e com isso, é inserido mapas astrais completos e muitas conversas sobre o papel dos planetas nas conjunturas místicas e espaciais. Um outro detalhe que faz toda diferença é a explicação de Tio, falando sobre alguns peguetes de Alice com base nos signos deles e tudo se confirma.

Para quem desconhece esse estudo dos astros, muitos entusiastas por astrologia afirmam que o mapa astral – um panorama espacial criado a partir da posição dos planetas no momento do nascimento de uma pessoa – pode revelar detalhes específicos sobre a personalidade de todas as pessoas e em áreas bem específicas como amizade, profissão e amor, claro.

Mas como já era esperado, Alice não escapa das situações embaraçosas, encontros ruins e surpresas e desentendimentos desconfortáveis. No decorrer da narrativa, a protagonista se envolve com homens de signos diferentes, e Guia Astrológico Para Corações Partidos faz um ótimo trabalho ao diversificar a personalidade de cada um.

30 séries para descobrir e acompanhar na Netflix em outubro - Revista  Galileu | Séries
A protagonista quer ter a sua própria história de comédia romântica / Reprodução Netflix

Com episódios curtos e roteiro ágil, a trama faz do horoscopo o tema central e essencial que liga toda a trama de forma completa e amarrada. Algo de semelhante que a série tem com outras do gênero como o Diário de Bridge Jones ou Valéria, é que a protagonista Alice poderia se encaixar em qualquer uma das tramas, pois as características são bem perceptíveis. A forma com as imagens das cidades são gravadas se assemelha também e sempre com uma visão romântica.

Assim como grandes outros sucessos disponíveis na plataforma, Guia Astrológico Para Corações Partidos segue a mesma dinâmica de Lupin, por exemplo, com uma temporada que conta com seis episódios já disponíveis no catalogo e sua sequencia ou parte dois com estreia marcada para o ano que vem. Fazendo com que os espectadores fiquem ainda mais ansiosos por um desfecho para Alice que tem o sexto e último episódio finalizado de modo abrupto e aberto frustrando o espectador que esperava um final bem diferente, menos decepcionante, talvez.

Aqui as atuações são muito boas, a trilha sonora é espetacular e os personagens são carismáticos e bem gostáveis. Os cenários são impecáveis e a química entre Alice e Tio funciona muito bem. Se você não entende nada de astrologia, fique tranquilo, pois a série soube muito bem como abordar o assunto de forma leve divertida, com piadas e sem se levar muito a sério. A série funciona justamente por isso, ela entrega tudo que esperamos de uma boa comédia romântica, com exceção, do arco quebrado pela reviravolta do último episódio.

O elenco conta com Claudia Gusmano, Michele Rosiello, Lorenzo Adorni, Alberto Paradossi, Esther Elisha, Fausto Maria Sciarappa e Emanuela Grimalda. A produção original Netflix estreou no dia 27 de outubro.

Nota do Thunder Wave
Se você não entende nada de astrologia, fique tranquilo, pois a série soube muito bem como abordar o assunto de forma leve divertida, com piadas e sem se levar muito a sério. A série funciona justamente por isso, ela entrega tudo que esperamos de uma boa comédia romântica, com exceção, do arco quebrado pela reviravolta do último episódio.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,962SeguidoresSeguir
4,234SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave