domingo, 28, fevereiro, 2021
Início Filmes Críticas Crítica | Hebe – A Estrela do Brasil

Crítica | Hebe – A Estrela do Brasil

Com as cinebiografias tomando seu espaço nos cinemas, nomes influentes da televisão brasileira ganham destaque nas telonas e a Warner Bros. estréia sua obra baseada em uma das apresentadoras mais conhecidas do país: Hebe Camargo.

Servindo mais como um tributo do que como uma biografia em si, Hebe- A Estrela do Brasil mostra um pequeno período da vida da protagonista, durante a transição entre a ditadura e a democracia no Brasil. Na época, Hebe já tinha 40 anos de carreira e estava em luta contra a repreensão de seu livre-arbítrio em seus programas, enquanto tenta lidar também com o preconceito e machismo que vive em casa. Para lutar contra tudo isso, ela arrisca sair de seu programa na Bandeirantes e se aventurar em novos caminhos, quando aceita ir para o SBT, canal que na época estava apenas em ascensão.

Crítica | Hebe – A Estrela do Brasil 1
Andréa Beltrão como Hebe em Hebe- A Estrela do Brasil | Imagem: Internet

Andréa Beltrão faz um trabalho impecável na pele de Hebe, sua atuação é praticamente à prova de falhas, que em conjunto com o incrível trabalho de caracterização da personagem, entrega um papel tão convincente, que é possível se perder totalmente da trama e ficar analisando a perfeição de detalhes. Na realidade todos os influentes da época estão igualmente convincentes, participações como Dercy Gonçalves (Stella Miranda), Roberto Carlos (Felipe Rocha) e Chacrinha (Otávio Augusto) empolgam o espectador com sua fidelidade.

O roteiro de Carolina Kotscho tem como foco principal a força e feminismo da apresentadora. Hebe não tem medo de mostrar seu ponto de vista, lutar com as armas que possuí contra toda as repreensões e ainda abordar temas como a Aids, que era esquecida pela mídia na década de 80, homossexualismo e transexualidade. A trama representa muito bem as dificuldades dessas lutas e enaltece a figura da protagonista, mostrando um lado do qual nem todos conhecem. Entretanto, esse foco restrito limita as possibilidades e deixa de lado o inicio de carreira e boa parte da vida pessoal de Hebe e seus companheiros na época, assuntos que seriam interessantes e fazem falta no filme.

Já a direção de Maurício Farias tem um toque único e muito certeiro. Aproveitando o interesse em mostrar a caracterização das aparições marcantes, o diretor brinca com o público ao usar de ângulos que causam certo suspense, aguçando a curiosidade do espectador.

Hebe- A Estrela do Brasil é uma produção que passa a forte imagem da apresentadora, deixando uma boa mensagem sobre a política na época, mas deixa um pouco a desejar sobre sua vida. É um filme interessante como uma homenagem aos marcantes nomes da década de 80.

Nota do Thunder Wave
O filme é um belo tributo á Hebe, mas mostra muito pouco de sua vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,940FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,349SeguidoresSeguir

Resenha | Amigas para Sempre

0
Aos 14 anos, Tully Hart era linda, alegre e popular. O que ninguém imaginava era o sofrimento que ela vivia: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas, costumava desaparecer por longos períodos. Mas sua vida se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu Kate Mularkey. A garota era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully se sentir parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos, Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos, enquanto Kate ensinou Tully a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio, até que algo abalou a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição da melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto curar.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
Crítica | Hebe – A Estrela do Brasil 9

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave