sexta-feira, 18, setembro, 2020
Início Séries Críticas Crítica: Legion- 1ª Temporada

Crítica: Legion- 1ª Temporada

Legion fez uma ótima estreia. Trazendo o Universo X-Men para a televisão, mesmo que ainda não traga nenhum dos personagens mais conhecidos da franquia, seu piloto mostrou uma qualidade impressionante e agradou em todos os sentidos. Essa qualidade se manteve por toda a temporada, trazendo episódios instigantes e cheios de ação, dignos de obras dos nossos mutantes favoritos.

 ***Livre de Spoilers***

Todas as adaptações que envolvem os X-Men passaram por muitas turbulências antes de finalmente encontrar uma maneira de agradar o público. Começando pela primeira trilogia que uniu o time, que foi muito controversa em sua aceitação, partindo para as obras solos de Wolverine, que realmente não agradaram e como bônus ainda queimaram a origem de Deadpool, a Fox demorou para achar sua fórmula mágica. E agora parece que encontrou, mesmo não sendo um estouro, a franquia iniciada em Primeira Classe obteve uma aceitação muito maior em relação à trilogia anterior e, finalmente, Deadpool e Wolverine tiveram os longas que mereciam com o primeiro filme solo do mercenário e o Logan, último filme do personagem.

Crítica: Legion- 1ª Temporada 1
Legion
Imagem: FX

Focada na história de Legião, o mais poderoso mutante dos quadrinhos, Legion encerra sua primeira temporada provando que a Fox não está mais para brincadeira, apresentando uma obra sensacional do início ao fim, que consegue encarar as produções da Marvel em parceria com a Netflix– disputando de frente com a maravilhosa primeira temporada de Demolidor– e superar as outras séries inspiradas em heróis ativas na televisão.

Os oito episódios acompanham a trajetória de David (Dan Stevens), que possuí um diagnóstico de esquizofrênico e, quando finalmente é resgatado da clinica em que ficou internado por seis anos, descobre ser portador de incríveis poderes. Seu desenvolvimento e seu passado são apresentados aos poucos, de uma maneira muito dinâmica, usando de memórias e momentos de confusão de um homem que ainda não sabe se tudo que está vivendo é real ou apenas mais uma imaginação criada por um maluco. Noah Hawley, criador da série, é muito original e certeiro na maneira que resolveu relatar os fatos, desde o primeiro episódio Hawley leva o espectador para dentro da cabeça de David, criando uma experiência completa dos acontecimentos, e até mesmo uma pequena confusão da cabeça do público.

Essa confusão pode atrapalhar o entendimento, inclusive muitas pessoas reclamaram de estarem completamente perdidos na história, mas calma, é apenas a narrativa que trabalha dessa maneira para aproximar ainda mais o espectador e deixá-lo ainda mais envolvido com os tão bem criados personagens. Caso seja uma dessas pessoas e se sinta meio perdido na trama, boas notícias, os episódios finais são extremamente bem explicados (há até um momento em que é dada uma aula), compensando toda a confusão do inicio do enredo. Noah faz um trabalho incrível com os personagens, mostrando muito bem suas origens e mutações, todavia o seu melhor trabalho é no vilão. Sutilmente a série apresenta o melhor vilão já visto, muito bem elaborado, construído e explicado. É do tipo realmente promissor.

Crítica: Legion- 1ª Temporada 2
Legion: Dan Steven e Aubrey Plaza
Imagem: FX

Se no piloto as atuações estavam boas, agora estão inacreditáveis. Dan Stevens se mostrou sensacional logo de cara, apresentando um ar de “maluco controlado”, deixando claro apenas com o olhar que era uma pessoa que foi convencida de que tinha problemas psicológicos, mas na realidade não era doente. Ao longo dos acontecimentos é exigido muitas mudanças de comportamento e Stevens as entregas com maestria, impressionando com sua capacidade de atuação. Aubrey Plaza também já havia mostrado seu potencial, porém no episódio seu papel era menor e até um pouco caricato, entretanto ao longo da temporada é exigido muito mais da atriz e ela revela um talento enorme.

Legion é uma das melhores estreias desse ano e a melhor produção de Super-Heróis da atualidade. Com uma trama bem colocada, rica em detalhes e que não economiza no suspense e ação, a temporada é do tipo que se assiste facilmente e ainda deixa uma vontade de mais ao chegar no fim.

Legion é exibida no Brasil pelo canal FX. Os episódios também estão disponíveis no Fox Play.

Veja mais sobre Legion

Nota do Thunder Wave
Com uma ótima qualidade, instigante e bem explicada, Legion é uma estreia maravilhosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,011FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,361SeguidoresSeguir

Brooklyn Nine-Nine | Série exibirá episódio sobre brutalidade policial na 8ª...

0
Brooklyn Nine-Nine vai exibir uma história sobre a brutalidade policial na 8ª temporada. Depois de supostamente desfazer-se de pelo menos quatro episódios...

Crítica: Greenleaf – 3ª Temporada

6
Desde que Greenleaf estreou no catálogo da Netflix Brasil, a série arrebatou a atenção e também, a predileção da audiência. Já de cara, a...
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave