sábado, 23, outubro, 2021

Crítica | Minha mãe é uma peça 3

Dando continuidade às aventuras de dona Hermínia e companhia, estreia em dezembro nos cinemas a continuação da franquia Minha mãe é uma peça, chegando em sua terceira edição, Paulo Gustavo volta a dar vida a personagem inspirada em sua própria mãe e nas histórias reais de sua família, com direção de Susana Garcia e produção pela Downtown e Migdal filmes.

Como de praxe, os filmes de Minha mãe é uma peça são sempre baseados nas histórias hilárias da mãe do ator Paulo Gustavo, sempre trazendo narrativas em que todos os telespectadores conseguem se relacionar facilmente e não foi diferente em seu terceiro filme. Para quem assistiu as sequências, o filme já mostra dona Hermínia estabilizada, em um novo apartamento e sem os filhos Juliano (Rodrigo Pandolfo) e Marcelina (Mariana Xavier), e justamente pelos filhos já estarem estabilizados, dona Hermínia começa a se incomodar com a ausência deles, e que mãe não sente falta dos filhos, não é mesmo? O desenrolar do enredo se dá com as grandes notícias vindas de Juliano e Marcelina, o filho vai casar e a filha está gravida. É nesse momento que as boas risadas são arrancadas do público, com o jeito impaciente e hilário de dona Hermínia para lidar com as boas novas.

Crítica | Minha mãe é uma peça 3 1
Dona Hermínia recebendo as novidades | Downtown Filmes

Apesar de ser uma produção essencialmente de comédia, o terceiro filme conseguiu introduzir ainda mais o drama familiar, com cenas onde se é possível refletir o quanto a união familiar e, principalmente, a união entre mãe e filho(a) é importante, o que deixa o longa ainda mais especial, e, a cereja do bolo foi acrescentar em boa parte do enredo, a questão do relacionamento homoafetivo, já que o personagem Juliano (Rodrigo Pandolfo) é homossexual e casa-se com Tiago (Lucas Cordeiro), mostrando que para o amor, não se deve existir barreiras.

Minha mãe é uma peça 3 traz grandes sacadas, dando para perceber que boa parte de seu roteiro teve uma pitada da sagacidade de Paulo Gustavo em compartilhar seus momentos reais em família, o que deixa o filme bem fácil de se assemelhar com muitas situações que aposto que muitos de nós já passamos.

Minha mãe é uma peça 3 estreia no dia 26 de dezembro nos cinemas nacionais.

Minha mãe é uma peça 3
Minha mãe é uma peça 3 é um filme que arranca boas risadas e traz grandes reflexões familiares.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,958SeguidoresSeguir
4,239SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave