segunda-feira, 27, junho, 2022

Crítica | Night Sky – 1ª Temporada

A fantasia e a ficção científica andam de mãos dadas há algum tempo e por ser uma mistura interessante, muitas plataformas de streaming tem um cardápio variável para o gênero em questão. O novo lançamento do momento é Night Sky que conta com oito episódios que variam entre 55 min a 65 min de duração. Porém, ao final da primeira temporada, que tem data de estreia marcada para o dia 20 de maio, o gosto que ela deixou não foi dos melhores. Uma pena, já que tinha tudo para dar certo.

A série aborda a aparição de um portal na propriedade de um casal que viajam para um outro lugar por uma espécie de câmara, como se fossem pequenas viagens espaciais e a imagem é realmente muito bonita, mas situações estranhas começam a acontecer e a forma como o roteiro foi amarrado e costurado com as subtramas mal desenvolvidas deixou a série confusa. 

Night Sky | Amazon Prime Video divulga o trailer da sua nova série de  ficção científica - Reserva Cinéfila
JK Simmons e Sissi Spacek trabalham juntos em Night Sky / Reprodução Amazon Prime Vídeo

Temos dois atores de peso e talento, Sissy Spacek e JK Simmons, que interpretam o casal que esconde suas visitas galácticas. Eles são talentosos e trabalham bem juntos, mas não conseguem sustentar a série sozinhos. A trama se mostra complicada  simples ao mesmo tempo. É de conhecimento do público que ambos estão passando por um momento difícil, estão enfrentando o luto já faz algum tempo e o fato de ter um dispositivo fantástico que os fazem escapar de sua realidade triste e parada tem um outro significado.

Spacek e Simmons são dois atores que demonstram por suas atuações a melancolia de seus personagens. Sentimos sua tristeza e sua crescente retirada do mundo ao seu redor. Nisso, Spacek, a encaramos como uma mulher frágil, que está sempre trêmula, mas que se mostra uma mulher forte e sábia. O personagem de Simmons também tem momentos interessantes.

Prime Video Unveils The First Look At The Out Of This World Film 'Night  Sky' - HorrorFuel.com: Reviews, Ratings and Where to Watch the Best Horror  Movies & TV Shows
JK Simmons e Sissi Spacek trabalham juntos em Night Sky / Reprodução Amazon Prime Vídeo

No entanto, um dos problemas da trama é a sua duração. Quantidade não é sinônimo de qualidade e o fato de produzirem uma obra que se arrasta por oito episódios – oito horas de série -, é um tiro no pé. A série não encontra novas possibilidades nas quais o casal possa se apoiar e a produção tende a operar em outras frentes, colocando o dispositivo de viagem em outros lugares sem mostrar como, de fato, funciona, qual o objetivo… enfim, uma completa confusão.

Em Night Sky, o enredo mostra que tudo é possível e acaba se tornando um produto sem profundidade e o fato de não criar conexão com público que espera ver uma história sobre esse casal real, faz com que a série não ganhe a notoriedade que espera. A fotografia está bem trabalhada, a trilha sonora poderia ter ousado mais, os atores não são ruins, mas a espinha dorsal está comprometida. O que resta é boa sorte para a segunda temporada.

Nota do Thunder Wave
Esperava algo com mais profundidade, pois o tema é interessante. Mas foi mal amarrado e longo demais.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
4,223SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
Crítica | Night Sky - 1ª TemporadaEsperava algo com mais profundidade, pois o tema é interessante. Mas foi mal amarrado e longo demais.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave