terça-feira, 7, dezembro, 2021

Crítica | Notre Dame

Trama sem nexo mistura fantasia e realidade e 'tomba!'

O longa-metragem Notre Dame, chega aos cinemas nesta quinta-feira, 11. A trama gira em torno de um acontecimento inusitado que muda totalmente a vida da arquiteta Maud Crayon. Inicialmente, a proposta é interessante, porém, no decorrer do filme, o resultado é desastroso.

Resultado de imagem para notre dame valérie donzelli
Valérie Donzelli é uma arquiteta que vive muitas confusões em Notre Dame / Reprodução Califórnia Filmes

A trama acompanha a vida de Maud Crayon que é interpretada por Valérie Donzelli, uma arquiteta, recém-divorciada e mãe de duas crianças, que tem a oportunidade de reformar a praça ao redor da catedral de Notre Dame. E a partir daí, a arquiteta enfrenta situações malucas como um ex-marido que anda pelado pela casa, uma maquete que voa, um amor do passado que volta, uma advogada que morre de repente… e uma gravidez não planejada. O problema maior que causa mais alvoroço é um projeto arquitetônico que tem uma forma diferente.

Os temas que foram inseridos na trama são interessantes, mas o longa não se aprofunda em nenhum e quando parece se aprofundar, erra feio. O tema central é a como a arte provoca as opiniões das pessoas e casa muito bem com o contexto sobre a construção da Torre Eiffel, mas o filme se perde completamente. Antes disso, vemos uma cena em que mostra imigrantes em situação precária, pessoas que se estapeiam nos locais públicos – o fato da agressão acontecer de forma repetitiva poderia ser mais explorado, mas é bizarro o desfecho e o pior, a inserção dos tapas não foi explicada e não precisava de tantos.

O filme mistura fantasia e realidade, mas não fica bom, fica chato, repetitivo e sem nexo. Muita trama secundária acaba deixando a mal feita, mal encaminhada e a trama principal fica pra escanteio. O romance entre a arquiteta e o jornalista cai do céu e a gravidez vem de paraquedas, além da competência profissional da protagonista ser desmerecida a todo momento.

Por fim, o filme dirigido por Valérie Donzelli não impressiona e embora tenha potencial, não desenvolve e fica chato por tanta “reviravolta” mal explicada. O que não é desperdicio são as paisagens francesas e a trilha sonora que não é ruim, de resto, não entrega o que esperamos.

Nota do Thunder Wave
A trama até tem potencial, mas o roteiro e a direção erraram feio em misturar tantas tramas secundárias.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,962SeguidoresSeguir
4,234SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave