Inspirado na série do Buzzfeed, intitulada Puppyhood, Puppy Love é uma comédia romântica que chega pelo Freevee, serviço da Amazon.

O filme traz Nicole (Lucy Hale) e Max (Grant Gustin), que tiveram um primeiro encontro um tanto desastroso. Decididos a nunca mais se encontrar, eles têm uma grande surpresa quando descobrem que seus animais de estimação se envolveram e agora vários cachorrinhos estão a caminho. Tentando manter uma relação saudável, eles são forçados a conviver e descobrem uma interessante relação.

Puppy Love mantém a essência da websérie original, que em capítulos curtos mostra a relação dos donos com seus cachorros de forma verdadeira e divertida. Uma parceria com a marca de ração Purina, Puppyhood é um exemplo de como um bom storytelling pode chegar longe, lembrando um pouco o case de Ted Lasso, que começou da mesma maneira. O filme é recheado de referências às cenas originais, mantendo os nomes e hobbys dos personagens e repetindo várias cenas, falas e piadas (que nem sempre parecem funcionar) da série.

Crítica | Puppy Love 1
Lucy Hale e Grant Gustin fazem referências em Puppy Love/ Imagem: Reprodução

Para adicionar profundidade à uma trama que passa de episódios de cerca de 3 minutos para um longa completo de 90 minutos, o roteiro investe na construção dos personagens. Nicole é uma designer de móveis com um sonho frustado de ser artista por conta da morte de seu pai, seu comportamento é geralmente egoísta e conforme se apega ao seu cachorro resgatado Channing Tatum e cresce sua relação com Max, começa a pensar em seus sonhos e se tornar mais afetiva.

Isso reflete também em Max, que ganhou a exploração mais interessante. Ele sofre de ansiedade social, que chega em conjunto com uma fobia por germes muito bem explicada pelos acontecimentos em seu passado. Seu arco também começa com um envolvimento íntimo crescendo com sua cachorra resgatada e aumenta conforme amadurece junto com Nicole, que começa a dar auxílio aos seus problemas emocionais demonstrando compreensão.

Puppy Love faz um trabalho interessante em colocar os animais como motivação para uma comédia romântica padrão. Lidando com questões atuais que desenvolvem bem o arco dos personagens, é um filme divertido que consegue entreter – mesmo que não fuja dos clichês prontos da temática e algumas piadas falhas. Entretanto, certamente o maior atrativo é para os fãs da dupla principal, que leva o longa nas costas tendo muito pouco de relacionamento com o restante do elenco, que aparece minimamente em tela. Hale e Gustin já conquistaram uma parcela do público em suas obras, Pretty Little Liars, Glee e The Flash, e formam uma ótima escolha para puxar o público jovem, o mesmo que se interessa pela série original.

Resumo
Nota do Thunder Wave
critica-puppy-lovePuppy Love faz um trabalho interessante em colocar os animais como motivação para uma comédia romântica padrão. Lidando com questões atuais que desenvolvem bem o arco dos personagens, é um filme divertido que consegue entreter e mostrar um bom trabalho de aprofundamento de roteiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui