Crítica | The Flash

The Flash chega mostrando que o gênero de super-heróis ainda pode ter uma salvação. Tratando do multiverso e suas consequências e até mesmo tendo referências aos clássicos da DC, é um filme divertido e com qualidade. Apesar das controvérsias da vida pessoal de Ezra Miller, ele é um dos motivos de Flash ser excelente.

Ezra Miller retorna aos cinemas como Flash, mas dessa vez como protagonista e em dose dupla. Após descobrir que consegue ser tão rápido que consegue voltar no tempo, Barry Allen quer tentar dar uma nova oportunidade para a sua família. Mesmo sem interagir com ninguém, toda a linha temporal entra em uma grande zona por causa de uma mudança.

Mexer com o passado é um dos grandes paradoxos quando se fala em viagem no tempo, qualquer mudança por menor que seja pode ter consequências imprevisíveis no tempo atual, que podem ser extremamente conflituosas. E é exatamente isso que Barry descobre quando é jogado por uma ser misterioso em algum lugar do passado e reencontra sua família e seu outro eu, mais jovem e ainda sem poderes. Além de ter que garantir que seu eu-passado obtenha seus poderes, a ameaça do general Zod também irá implicar em diversos problemas para o Flash.

Crítica | The Flash 1

Apesar de todas as controvérsias com Ezra Miller, a sua atuação não deixa nada a desejar. Em um papel duplo, consegue mostrar nuances diferentes de cada um dos Barry, com mudanças na forma de olhar e em gestos que trazem novas camadas a cada um deles. As interações com a Supergirl (Sasha Calle) e principalmente com o Batman de Michael Keaton são maravilhosas, e trazem esse frescor e ajudam a delimitar essa linha temporal.

O multiverso que é explorado e sua explicação são boas abordagens e que de uma maneira simples aborda como o passado e o futuro estão conectados e que alguns acontecimentos são inevitáveis, independente de qual linha tempo, são momentos cruciais e que irão acontecer, mesmo que tente mudá-lo diversas vezes. Assim como no mais recente Homem-Aranha no Aranhaverso, os multiversos conectados e seus acontecimentos que se repetem é um ponto crucial para entender as regras deles.

Crítica | The Flash 2

Neste filme, além de Michael Keaton e Ben Affleck como diferentes versões do Batman, terá também a participação especial em cenas de outros atores e seus papéis consagrados, que irão evocar memórias em algumas pessoas e até mesmo momentos de alívio cômico.

The Flash tem tudo para se tornar um ótimo lançamento da DC, seja pelo bom roteiro, pela atuação do elenco ou pela atenção ao legado de filmes e personagens que possui. É um dos melhores filmes do gênero dos últimos tempos, com um bom roteiro e que não se torna cansativo. Tem um bom balanço e termina de uma maneira satisfatória, que ao mesmo tempo que parece deixar tudo resolvido, abre espaço para uma futura continuação. Seguindo outros filmes, The Flash tem uma cená pós-crédito, que não interfere em nada na história em si, mas é divertida.

The Flash estreia dia 15 de junho de 2023 nos cinemas!

Nota do Thunder Wave
The Flash chega mostrando que o gênero de super-heróis ainda pode ter uma salvação. Tratando do multiverso e suas consequências e até mesmo tendo referências aos clássicos da DC, é um filme divertido e com qualidade. Apesar das controvérsias da vida pessoal de Ezra Miller, ele é um dos motivos de Flash ser excelente.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
2,998SeguidoresSeguir
4,049SeguidoresSeguir

Receba as novidades

Fique por dentro de todas as novidades do site em primeira mão!

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Stage

Tudo sobre roteiro
The Flash chega mostrando que o gênero de super-heróis ainda pode ter uma salvação. Tratando do multiverso e suas consequências e até mesmo tendo referências aos clássicos da DC, é um filme divertido e com qualidade. Apesar das controvérsias da vida pessoal de Ezra Miller, ele é um dos motivos de Flash ser excelente. Crítica | The Flash
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave