Uma interessante releitura feminina e latina do musical Sweeney Todd, The Horror of Dolores Roach é baseado em um podcast americano homônimo e chega em forma de série no Amazon Prime Video.

Protagonizada por Justina Machado, a trama apresenta Dolores Roach, que vivia em Washington Heights com a namorada protegida de um importante traficante, Dominic (Anthony Grant), até que é presa levando a culpa por ele. 16 anos depois ela consegue sua liberação, apenas para descobrir que Dominic sumiu e está sem ter para onde ir e totalmente sem dinheiro.

Dolores acaba conseguindo abrigo na antiga loja de empanada que frequentava, sendo acolhida por Luis (Alejandro Hernandez), uma das únicas pessoas do bairro que parece se lembrar dela. Ela decide, também apoiada por Luis, usar o talento que conseguiu na prisão e virar massagista no porão da loja. Entretanto, quando um problema grave ameaça tirar o local que a loja, também moradia dos dois, Dolores, consumida pelo desespero, mata o portador da ameaça durante uma massagem. Para resolver a situação, Luis usa a carne do defunto em suas empanadas em uma tentativa de encobertar o corpo, fazendo um enorme sucesso e assim iniciando um caminho sem volta para os dois.

The Horror of Dolores Roach usa os elementos básicos de Sweeney Todd e transforma em uma história mais atual e totalmente voltada para a cultura latina. É uma interessante troca simples de cada situação que se encaixa perfeitamente em uma nova realidade- um abandono do parceiro por drogas, massagens ao invés de um barbeiro e empanadas, comida típica latina, ao invés de tortas-, fazendo um serviço certeiro em mostrar uma realidade atual.

Crítica | The Horror of Dolores Roach - 1ª Temporada 1
The Horror of Dolores Roach / Imagem: Prime Video

As dificuldade que Dolores passa, tanto para ser inserida na sociedade novamente quanto como uma mulher latina nos EUA, são tão realistas que chegam a dar um senso de justificativa na obra, causando a sensação de que ela é apenas uma vítima das circustâncias. É um efeito muito mais forte que a obra original, onde o ódio cegante do protagonista acaba se sobrepondo à razão em várias situações e a tragédia parece se transformar em um castigo divino. A atuação de Justina Machado ajuda muito nessa visão, já que mesmo em momentos que estaria feliz, ela expõe uma tristeza amarga pela sua vida perdida.

Veja também: Crítica | Primo – 1ª Temporada

Para manter os elementos do podcast, a obra escolhe a narrativa dos pensamentos mais íntimos da protagonista, enquanto apresenta a trama como uma contação de história. Tudo se inicia com um teatro encenando a vida de Roach e a aparição da própria ao final para contar sua verdadeira história. Nas cenas de sua vida, há constantemente a presença de um podcaster, que remete ao criador da obra que originou a série.

Ao longo dos episódios The Horror of Dolores Roach se torna mais sanguenta e expositiva, gradativamente aumentando o nível de exposição conforme os riscos se apresentam. Com alguma ameaça à liberdade de Dolores sempre à espreita, essa escolha causa um sentimento certeiro de urgência no espectador, levando-o a sentir o que a protagonista sente.

Crítica | The Horror of Dolores Roach - 1ª Temporada 2
The Horror of Dolores Roach / Imagem: Prime Video

The Horror of Dolores Roach é uma interessante releitura de Sweeney Todd que funciona muito bem para os tempos atuais. Apresentando as dificuldades de várias etnias diferentes, enquanto apresenta muito da cultura latina, é uma obra bem executada que consegue se aprofundar em questões sociais sem perder a essência do musical original. É mais um exemplo de série adaptada para um contexto feminino e atual que mostra o quanto havia a ser explorado em sua versão original que foi perdida por conta do ano em que foi escrita, como acontece em Gêmeas: Mórbida Semelhança.

Resumo
Nota do Thunder Wave
critica-the-horror-of-dolores-roach-1a-temporadaThe Horror of Dolores Roach é uma interessante releitura de Sweeney Todd que funciona muito bem para os tempos atuais. Apresentando as dificuldades de várias etnias diferentes, enquanto apresenta muito da cultura latina, é uma obra bem executada que consegue se aprofundar em questões sociais sem perder a essência do musical original.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui