quarta-feira, 30, setembro, 2020
Início Séries Críticas Crítica | The Umbrella Academy - 2ª Temporada

Crítica | The Umbrella Academy – 2ª Temporada

A primeira temporada de Umbrella Academy cumpriu muito bem um dos principais objetivos de uma adaptação: levar um publico até a obra original.

Devido ao sucesso da primeira temporada, a série ganhou a sua segunda temporada, que chegou com tudo à Netflix. A série conta a história de um milionário excêntrico Reginald Hargreaves (Colm Feore) que comprou 7 crianças que nasceram ao mesmo tempo, e cada uma delas possuía uma habilidade diferente. Desde criança os sete irmãos foram treinados como heróis e aprenderam a dominar seus poderes e se tornarem a Umbrella Academy.

A trama central da primeira temporada gira em torno da família tentando impedir um apocalipse no ano de 2019, e eles conseguiram, porém isso os levou para a década de 60, e é lá que se inicia a segunda temporada.

Os anos 60 em Dallas, local em que a família foi enviada, foram bem movimentados, com diversos fatos históricos, incluindo a morte do presidente Kennedy, e esse fato se torna um dos fios condutores da trama.

A série levanta críticas de maneira genial assuntos como racismo e homofobia de uma forma sutil, e diversas vezes os próprios viajantes do tempo traçam o paralelo entre as duas épocas e demonstram como a sociedade não evoluiu e nem amadureceu esses assuntos.

O arco de Alisson (Emmy Raver-Lampman) e Raymond (Yusuf Gatewood) é um dos mais sufocantes e bem construído, onde é mostrado um pouco da luta pela igualdade no período dos direitos civis. Há outros elementos históricos utilizados no decorrer da série, e personagens como Jack Ruby (John Capelos), o homem que matou o assassino do presidente John Kennedy.

A segunda temporada é muito mais intensa do que a primeira, pois apresenta diversos arcos paralelos a serem desenvolvidos, e consegue fazer isso muito bem, até o emocionante final e despedida de alguns personagens.

Os membros da equipe conseguem obter mais espaço na trama, e passam a ter uma história mais profunda e uma maior carga emocional dentro de suas atitudes, e com esse maior tempo de tela, temos a oportunidade de descobrir as reais motivações deles na temporada anterior.

Além disso a série nos mostra um pouco sobre o passado dos personagens, e um pouco mais da conturbada infância, e mesmo com todos os problemas nessa segunda temporada temos a equipe funcionando de uma forma mais orgânica, e passando mais tempo unidos.

Crítica | The Umbrella Academy - 2ª Temporada 1
/Netflix

Não é só de protagonistas que se faz uma série, os personagens secundários são também de extrema importância para o desenrolar da trama, com um destaque especial para Lilla (Ritu Arya), que deve ter um pouco mais de sua história explorada no decorrer da série.

Os episódios são todos muito bem equilibrados entre a ação, suspense e humor, e isso faz com que os 40 minutos de cada episódio passem de maneira rápida e sempre com ganchos envolventes.

E como não poderia ser diferente, a história deixa um empolgante gancho para a merecida próxima temporada.

Nota do Thunder Wave
A melhor temporada de uma série de heróis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,008FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,359SeguidoresSeguir

Crítica | Magnatas do Crime

0
O longa de Guy Richie de 2019, chega finalmente ao Brasil. Magnatas do Crime é um filme que mistura comédia com boas...

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave