quarta-feira, 3, junho, 2020
Início Séries Críticas Crítica | The Witcher - 1ª temporada

Crítica | The Witcher – 1ª temporada

A jornada da saga de Geralt de Rivia finalmente começou na Netflix. Como uma canção de Jaskier – saiba mais sobre os personagens e universo clicando aqui -,The Witcher é um conto visual que realmente funciona.

A adaptação dos livros homônimos de Andrzej Sapkowski estreia no serviço sendo nada menos que sensacional. O roteiro é conduzido de maneira que promete agradar aos fãs que conhecem todos os detalhes da franquia, assim como deixar explicado de maneira satisfatória cada parte apresentada para os que nunca tiveram contato com as obras originais.

Veja Também: The Witcher| Tudo que você precisa saber antes da estreia da série

A trama é focada em Geralt (Henry Cavill), que guia os acontecimentos principais, levando através de seus encontros a apresentação de novos personagens e explicações sobre seu passado, ou dos locais onde se encontra. Nesse universo parece não existir distinção entre bom, mau ou correto, as motivações de cada individuo o levarão a fazer o que considera certo, mesmo que isso não necessariamente signifique algo bom. Dessa maneira, as decisões são feitas através do “mal menor”. Os monstros que o protagonista precisa enfrentar nem sempre possuem presas ou atacam a noite, são aquilo que cultivamos, independente de qual é sua raça.

The Witcher | imagem: Netflix
The Witcher | Imagem: Netflix

A grande crítica, muito bem apresentada nos acontecimentos, é o quanto a motivação de cada personagem justifica inúmeras manipulações, de uma forma ou de outra, todos usam de técnicas para fazer a pessoa lhe dar o que precisa, sem se importar com a dor que isso possa causar. A série demonstra que desde uma criança até mesmo um velhinho, sabem manipular de alguma forma para conseguirem o seu intento. E este é um mal menor.

Outro ponto positivo é como nosso mundo é transportado para dentro da história de The Witcher. Grandes genocídios da humanidade estão ai estampados, além do racismo e como as pessoas lidam com esses fatos. O preconceito é mostrado nos detalhes, sempre reforçando a maneira como, independente de sua raça ou cor, os personagens são destratados por suas diferenças, sejam elas uma simples orelha pontuda, defeitos em seu corpo, o lugar onde nasceu e assim por diante.

Transmitindo isso ao espectador, o enredo de The Witcher é convincente e consegue prender a atenção sem dificuldades, a ponto de nem se perceber que passou cerca de uma hora de episódio, e já ir direto ao próximo.

The Witcher ganha 2ª temporada. Imagem: Netflix
The Witcher | Imagem: Netflix

Nem sempre um bom roteiro segura a atuação dos atores. Pode-se dizer o inverso também. Os atores que fazem o elenco principal e de apoio conseguiram passar toda a essência dos conhecidos personagens. Todo o elenco, até mesmo as curtas participações, entregam seu papel de maneira tão convincente, que é possível esquecer que estão contracenando com nomes de peso como Cavill.

O bom trabalho da adaptação certamente é o destaque da produção. Existem certas mudanças na história, como a troca de um personagem por outro, mas isso em nada afeta o desenrolar da trama e, em alguns casos, consegue acrescentar em relação ao peso sentimental. Seus 8 episódios passam rápido, com cenários que praticamente foram retirados dos livros, embalados por uma trilha sonora que sempre é lamentosa e batalhas que conseguem provocar empolgação no espectador.

The Witcher | Imagem: Netflix
The Witcher | Imagem: Netflix

As comentadas cenas de batalha são coerentes e não utilizam as famosas e chatas câmeras nervosas, que ficam tremendo o tempo todo e retirando o foco das lutas. Também não são utilizados cortes secos ou apenas zoom no rosto dos atores, os métodos empregados são os antigos, de foco aberto mostrando o terreno e os lutadores, dando a real impressão de estar ali vendo a luta, sem perder nenhum detalhe.

The Witcher estreia a altura das expectativas do fãs. Sendo uma ótima adaptação dos livros de fantasia, a produção promete agradar aqueles que nunca viram nada sobre o universo e transbordar de entusiasmo aos que conhecem de longa data.

Nota do Thunder Wave
a produção estreia a altura das expectativas do fãs. Sendo uma ótima adaptação dos livros de fantasia, a produção promete agradar aqueles que nunca viram nada sobre o universo e transbordar de entusiasmo aos que conhecem de longa data.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,055FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,420SeguidoresSeguir

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave