Crítica | Trem-Bala

Trem-Bala é uma boa adaptação, mesmo mudando a etnia dos personagens, mas consegue divertir o público e aos fãs da obra de Kotaro Isaka.

Já faz um tempo que Hollywood parece beber apenas de adaptações. Sejam elas do universo dos quadrinhos, dos jogos e dos livros. E também já faz um bom tempo que os EUA adaptam obras vindas da Coreia e também do Japão.

E agora foi lançado no ocidente, uma adaptação de um dos maiores fenômenos da literatura japonesa, Trem-Bala, do escritor Kotaro Isaka, com Brad Pitt no papel principal. O filme até sofreu um pouco antes de seu lançamento por trocar os atores nipônicos pelos do ocidente além de mudar alguns elementos.

Leia também: Trem-Bala | Tudo sobre o filme baseado em um dos maiores fenômenos editoriais do Japão

Mas tirando isso, Trem-Bala é um bom filme e até “fiel” ao material de origem. Lógico que possui mudanças – tirando a etnia dos personagens – para conseguir levar para as telas da melhor forma, o que o livro possui de melhor. A grande maioria dos diálogos do livro Trem-Bala, estão na adaptação, assim como os objetivos e piadas internas.

Crítica | Trem-Bala 1
Limão e Tangerina, agora são assassinos ingleses

Trem-Bala possui um bom roteiro, uma estrutura interessante um visual que lembra os mangás e as obras cinematográficas atuais quando se trata de países orientais como o Japão, cheio de luzes e cores.

Isso é até interessante, principalmente pela apresentação dos personagens, que é cômica e deixa o espectador bem ciente que está vendo um filme que não é para ser levado a sério e serve apenas para entreter. E o faz muito bem.

Em Trem-Bala, Brad Pitt é o protagonista Joaninha, um assassino de aluguel azarado que está decidido a fazer apenas mais um trabalho de forma tranquila depois de ter passado por tantos outros que saíram do seu controle.

O destino, entretanto, tem outros planos; e a última missão de Joaninha o coloca em rota direta de colisão com adversários letais vindos de todas as partes do globo; todos com objetivos conflitantes porém conectados; no trem mais rápido do mundo – e ele precisa encontrar uma maneira de desembarcar.

Leia também: Resenha | Trem-bala – Kotaro Isaka

A interpretação dos atores é bem cômica, principalmente a de Brad Pitt que realmente está se divertindo em seu papel. Um dos únicos problemas fica por conta do trio de personagens que no livro possui uma excelente história base mas no filme ficaram totalmente perdidos, no caso do Príncipe, que aqui é uma garota, de Kimura e seu pai.

A culpa não é dos atores, que estão realmente bem, mas sim de terem feito uma péssima escolha de adaptação ao retirar todo o fundo dramático de Kimura e o envolvimento com o Príncipe que culmina com várias reviravoltas dentro do livro e que se perderam no filme.

Além disso o final totalmente diferente do livro, é um verdadeiro chute, sendo um final estilo Tarantino e onde toda a realidade e física são esquecidos em prol do blockbuster. Caso tivessem mantido a narrativa de todo o filme e seguido o final do livro, Trem-Bala poderia ter tido um final mais digno e engraçado, principalmente por sua reviravolta que foi perdida.

Crítica | Trem-Bala 2
O personagem Kimura, interpretado por Andrew Koji, perdeu totalmente o drama envolvido no livro, devido a péssima adaptação do personagem Príncipe.

De qualquer forma, o filme é uma boa adaptação, mesmo que alguns atores tenham sido mal aproveitados como Masi Oka, Karen Fukuhara (The Boys, Esquadrão Suicida), Andrew Koji (Warrior, G.I. Joe) e Hiroyuki Sanada (O Último Samurai, Mortal Kombat 2021). Justamente os atores japoneses.



Nota do Thunder Wave
Trem-Bala é uma boa adaptação, mesmo mudando a etnia dos personagens, mas consegue divertir o público e aos fãs da obra de Kotaro Isaka.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
2,998SeguidoresSeguir
4,049SeguidoresSeguir

Receba as novidades

Fique por dentro de todas as novidades do site em primeira mão!

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Stage

Tudo sobre roteiro
Trem-Bala é uma boa adaptação, mesmo mudando a etnia dos personagens, mas consegue divertir o público e aos fãs da obra de Kotaro Isaka.Crítica | Trem-Bala
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave