terça-feira, 22, setembro, 2020
Início Filmes Críticas Crítica | Um Amor, Mil Casamentos

Crítica | Um Amor, Mil Casamentos

Casar... uma decisão muito importante que deve ser bem pensada

Novo longa da Netflix, Um Amor, Mil Casamentos é uma comédia romântica que apresenta Jack (Sam Claflin), que precisa ajudar a sua irmã a ter uma cerimônia impecável. Mas, tudo pode dar errado quando um rapaz, apaixonado por ela entra na festa e pretende contar a todos que ele é a melhor escolha para ela casar e Jack terá que fazer malabarismos para salvar a festa de sua irmã.

O plano é o seguinte: dopar o rapaz e mantê-lo longe da festa. Muito simples, porém a trama apresenta várias versões de tudo que poderia dar errado nesse plano e que desde o começo já é ruim. O filme brinca com a questão do acaso e da sorte. Nós não temos controle das consequências de nossas ações, muitas vezes o que planejamos dá certo e muitas vezes dá errado e nem por isso quer dizer que não tentamos, talvez, não era para acontecer. Um Amor, Mil Casamentos mostra diversas versões de uma mesma situação, mudando um detalhe ou outro, reforçando que o acaso e a sorte estão presentes e que podem dar certo ou não.

A trama lembra o filme Noivas em Guerra, com Kate Hudson e Anne Hathaway, pois usa a técnica de parar as cenas junto com a narração e esse método se repete em várias cenas, além de alguns flashbacks. De certa forma é um filme engraçado e Sam Claflin, conhecido como o galã de Como Eu Era Antes de Você, que costuma interpretar personagens mais “docinhos” em sua carreira, nos entrega um personagem engraçado e surpreende por sua boa interpretação. 

Nessas versões alternativas do mesmo dia em que Jack caminha para seu próprio final feliz, ele deve evitar situações comprometedoras (incluindo um momento particularmente cômico com um companheiro masculino em um banheiro privado), uma ex namorada furiosa com ele, o namorado da ex querendo brigar com ele, um amigo inconveniente e um romance quase impossível de acontecer. 

No geral, o elenco tem uma interação muito legal e que se complementam. A trilha sonora dá um tom mais divertido e inusitado ao filme e o roteiro é bem fechadinho, embora tenha alguns detalhes que poderiam deixar um tom menos repetitivo e mais original. Mas, mesmo assim surpreende e não se transforma em uma obra piegas nem clichê.

Nota do Thunder Wave
Com momentos cheio de graça, o longa consegue entreter e divertir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,010FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,362SeguidoresSeguir

Resenha | Com amor, Simon

0
Com amor, Simon é uma história de amor adolescente que aquece qualquer coração e nos faz torcer para que eles fiquem juntos e que consigam superar todos os conflitos, dificuldades e julgamentos que essa nova realidade lhes reserva... todo amor é válido.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave