sábado, 23, outubro, 2021

Desafio Sob Fogo Brasil e América Latina: Três brasileiros disputam a grande final

Quatro participantes e apenas um grande vencedor. Quem levará o título de melhor ferreiro da América Latina?

A terceira temporada do reality show mais quente das Américas está chegando ao fim, no dia 1º de outubro. Desafio Sob Fogo Brasil e América Latina, produção original do History, dentre muitas novidades nesta edição, tivemos um apresentador e ator argentino, Michel Brown, um jurado e quatro competidores brasileiros, incluindo a primeira mulher a participar da série na América Latina, a professora universitária Juliana do Rio de Janeiro. O time nacional fez bonito e garantiu três lugares na grande final: Cléber (DF), Milton (PR) e Sandro (RS) estão entre os quatro finalistas.

Antes do início da temporada conversamos com um dos participantes que está na reta final, o Cléber Melo que largou a tecnologia para se aventurar na cutelaria. Casado há 14 anos e pai de dois filhos, de 10 e 12 anos, Cléber começou na cutelaria por hobby, em 2009. Além de um curso na Universidade de Brasília, também ganhou o prêmio de Melhor Iniciante com sua primeira faca integral no Salão Paulista de Cutelaria, em 2010. Passou a se especializar e a adquirir equipamentos. Durante oito anos deu aulas de cutelaria artesanal, há três trocou definitivamente a tecnologia pela cutelaria. Em eventos, ele faz demonstrações de forja, de facas artesanais e o mais legal é que ele promove sorteios com peças pequenas forjadas por ele para as pessoas que estão na feira/ evento.

A CUTELARIA É UMA ARTE. – CLÉBER MELO

Atualmente, tem uma oficina profissional em Brasília e vende de três a quatro peças, entre facas e canivetes, por mês. Recebe encomendas de todo o Brasil, de pedidos simples a facas personalizadas, com materiais nobres. Segundo o cuteleiro, a sua atividade principal é a cutelaria e foi através da televisão que ele teve conhecimento com o reality e que se via participando até que se tornou realidade. Lembrando que ele oferece um curso de cutelaria e ressalta que com dedicação é possível ir longe. E hoje, Cléber tornou-se um dos finalistas dessa competição que aqueceu os corações brasileiros pela cutelaria.

Além do brasiliense Cléber Melo, do gaúcho Sandro Boeck e do curitibano Milton Rodrigues, o argentino Diego está na disputa final pelo título de melhor forjador da América Latina e o prêmio de dez mil dólares. As duas primeiras temporadas da série foram vencidas pelos gaúchos Tom Silva (2018) e Daniel Jobim (2019). Chegou a hora de torcer pelos brasileiros. Qual brasileiro conquistará o tricampeonato? Será que o prêmio vem para o Brasil pela terceira vez? Isso descobriremos na próxima quinta-feira, 01 de outubro.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,958SeguidoresSeguir
4,239SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave