Ontem foi ao ar o Globo de Ouro 2017, onde Merryl Streep foi homenageada com o prêmio Cecil B. DeMille. Em seu discurso, criticou a posição de Trump em relação aos imigrantes e mencionou um episódio em que Trump zombou o repórter Serge Kovaleski, do jornal The New York Times.

Meryl disse: “Quando eu vi isso, partiu meu coração, e eu ainda não consigo tirar isso da cabeça porque não aconteceu num filme, e sim na vida real. Esse instinto de humilhar, quando feito por alguém numa plataforma pública, afeta a vida de todo mundo, porque dá permissão para outros fazerem o mesmo. Desrespeito convida desrespeito, violência incita violência. Quando os poderosos usam de suas posições para praticar bullying contra os outros, todos nós perdemos.”

Donald Trump, que adora reclamar no twitter, respondeu hoje sobre o acontecido, chamando Meryl de superestimada e negando ter ridicularizado jornalista.

 

Juntando os 4 tweets, a tradução é a seguinte: “Meryl Streep, uma das atrizes mais superestimadas em Hollywood, não me conhece, mas me atacou ontem à noite no Globo de Ouro. Ela é uma lacaia da Hillary que perdeu feio. Pela 100ª vez, eu nunca ‘ridicularizei’ um repórter deficiente (nunca faria isso), e sim simplesmente o imitei-o ‘rastejando’ quando ele mudou completamente uma história de 16 anos que ele havia escrito para me colocar numa má situação. Mais uma vez a mídia é desonesta!”

A cena que Meryl Streep se refere é essa:

E esse é o discurso completo da atriz no Globo de Ouro:

https://www.youtube.com/watch?v=NxyGmyEby40

 

Compartilhar

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here