Dossiê | Griselda Blanco- A traficante responsável por um dos cartéis mais lucrativos da história

Conhecida como Madrinha da Cocaína, Viúva Negra e Rainha do Narcotráfico, Griselda Blanco foi pioneira do crime organizado colombiano onde atuou na década de 1970 e 1980, entrando na vida do crime ainda bem jovem.

Conheça tudo sobre Griselda Blanco, a madrinha do Cartel de Medellín:

Uma jovem iniciação ao crime

Griselda Blanco Repestro nasceu em Cartagena das Índias, na Colômbia. Segundo relatos, inclusive de um antigo namorado de Blanco, Charles Cosby, aos 11 anos ela sequestrou uma criança de um bairro sofisticado, tentou pedir um resgate e acabou por alvejá-lo quando não conseguiu o resultado que queria. Antes de completar 13 anos de idade, ingressou no mundo do crime, tendo estado envolvida no furto de carteiras e prostituição.

Saiu da casa de sua mãe pouco tempo depois, para escapar de abuso sexual, quando descobriu que o seu futuro padrasto estava planeando violá-la. Assim foi parar em Medellín, onde viveu até seus 20 anos.

Vida pessoal

Griselda casou-se com José Trujillo, um criminoso que falsificava passaportes e ganhava dinheiro com o tráfico de pessoas, entre outras coisas. Antes de morrer, ele deixou a mulher em contato com o mundo do crime de Nova York. Com ele teve três filhos, chamados Uber, Osvaldo e Dixon.

Posteriormente ela conheceu seu segundo marido Alberto Bravo, uma grande influência na sua iniciação no tráfico de drogas. Blanco teve o seu filho mais novo, Michael Corleone Blanco, com o seu terceiro marido, Darío Sepúlveda, a quem batizou de Michael Corleone por causa do filme O Poderoso Chefão. Esse a abandonou em 1983, voltou para a Colômbia e raptou Michael quando ele e Blanco discordaram sobre quem ficaria com a custódia. Após o assassinato de Sepúlveda, Michael retornou para morar com a mãe.

Ela se casou três vezes e foi acusada de mandar matar o segundo marido e de assassinar ela mesma o terceiro. Foi assim que ganhou apelido de Viúva Negra.

Veja também: Dossiê | Joanna Dennehy: a serial killer que matava homens por diversão

De seus quatro filhos, os dois mais velhos foram mortos pelos laços com a máfia, outro permanece na prisão nos Estados Unidos.

Madrinha da Cocaína


Griselda idealizou as primeiras rotas de tráfico de drogas via Miami, que depois seriam as vias mais usadas pelos cartéis colombianos. Ela tinha uma loja de roupas íntimas, que usava como disfarce, usando as meninas das quais foi acusada de prostituir como mulas de tráfico. Inventou, por exemplo, uma lingerie com bolsos escondidos para transportar drogas que dava a elas.

Dossiê | Griselda Blanco- A traficante responsável por um dos cartéis mais lucrativos da história 1
Griselda Blanco. Imagem: Reprodução

Foi em 1971 que ela e seu marido migraram ilegalmente para os Estados Unidos disfarçados de importadores de artigos de vestuários e se estabeleceram no Queens, Nova York, onde Blanco se tornou a primeira traficante colombiana a importar cocaína produzida em Medellín para o território americano, superando o famoso Pablo Escobar.

Seu marido retornou à Colômbia para reorganizar e operar os negócios diretamente de Medellín, enquanto ela permaneceu nos Estados Unidos. Durante seu tempo sozinha em território americano, a traficante passou a ingerir grandes quantidades de bazuca, uma forma não refinada da cocaína.

Em pouco tempo ela começou a ficar paranóica achando que seu companheiro a estava traindo, tanto em seu relacionamento, quanto nos negócios, o que a levou a colocar em prática um plano de fuga. Quando em abril de 1975 ela foi indiciada com acusações federais de conspiração de droga, junto com 30 dos seus subordinados, aproveitou para fugir para a Colômbia. Griselda voltou aos Estados Unidos, após mandar assassinar o marido, para morar em Miami, no fim dos anos 80.

Veja também: Caso Flordelis | Saiba tudo sobre a condenação da Deputada pelo assassinato do marido

O seu retorno coincidiu mais ou menos com o começo de conflitos violentos muito públicos que envolveram centenas de homicídios e mortes anuais que eram associadas com a grande “epidemia” de crimes que assolou Miami nos anos 80. A luta da polícia para pôr fim à influência de cocaína em Miami levou à criação da CENTAC 26 (Unidade Tática Central), uma operação conjunta entre o Miami-Dade Police Department e a operação antidroga da Drug Enforcement Administration (DEA).

Rainha do Narcotráfico

No ápice de sua carreira, Griselda chegou a acumular uma fortuna de, aproximadamente, R$ 7 bilhões, graças aos R$ 330 milhões que ela recebia mensalmente pelo transporte de duas toneladas de cocaína da Colômbia para Miami e Nova York.

Foi nessa época que conquistou sua reputação de mulher implacável, disposta a ordenar assassinatos. Griselda herdou o trono do Cartel de Medellín, após a morte de Pablo Escobar. É considerada a responsável por 250 assassinatos na Colômbia.

A Queda de Griselda Blanco

A 17 de fevereiro de 1985, Blanco foi presa na sua casa pela DEA e acusada de conspirar com a manufatura, importação e distribuição de cocaína. O caso foi a julgamento em um tribunal federal de Nova York, onde ela foi considerada culpada e condenada a 15 anos de prisão.

Dossiê | Griselda Blanco- A traficante responsável por um dos cartéis mais lucrativos da história 2
Griselda Blanco no momento de sua prisão. Imagem: Departamento de Polícia de Metro Dade via Wikimedia Commons

Enquanto cumpria a sua sentença, em 1994, ela foi indiciada com três acusações de homicídio em primeiro grau pelo estado da Flórida, mas estima-se que ela tenha sido responsável por mais crimes. A acusação fez um negócio com um dos assassinos mais fiel de Blanco, Jorge Ayala, que concordou em depor contra ela.

No entanto, o caso colapsou devido a tecnicalidades relacionadas a um escândalo de telessexo entre Ayala e duas secretárias que trabalhavam no gabinete do advogado do estado. Blanco declarou-se como culpada em 1998 e foi sentenciada a 20 anos de prisão.

Veja também: Dossiê | Conheça o caso Madeleine McCann, a menina que desapareceu

Em 2004, ela foi libertada e deportada para Medellín. 

O Fim de Griselda Blanco

No dia 3 de setembro de 2012, Griselda foi a um açougue no bairro Belén, em Medellín. O açougueiro estava terminando de despachar o pedido da mulher, quando de repente se ouviu dois tiros. Blanco, deitada no chão, foi atacada por dois homens armados que atiraram na cabeça dela e fugiram às pressas em uma motocicleta. Ela morreu aos 69 anos e estava acompanhada da nora, que saiu ilesa do atentado.

Obras inspirada em Griselda Blanco

Griselda foi mencionada no documentário de 2006 Cocaine Cowboys, que relembra as guerras antidrogas em Miami nas décadas de 1970 e 1980.

Em 2017 foi lançado o telefilme A Madrinha da Cocaína (Cocaine Godmother), no canal americano Lifetime, estrelado por Catherine Zeta-Jones.

Dossiê | Griselda Blanco- A traficante responsável por um dos cartéis mais lucrativos da história 3
Catherine Zeta-Jones com Griselda Blanco. Imagem: Reprodução

Em 2024 estreia pela Netflix uma minissérie intitulada Griselda e estrelada pela colombiana Sofía Vergara. Produção promete apresentar “o retrato da vida ambiciosa de Griselda, uma mãe devota que criou um dos cartéis mais lucrativos da história”. Griselda estará disponível no catálogo da Netflix dia 25 de janeiro de 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Veja mais

Siga nossas redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
2,998SeguidoresSeguir
4,049SeguidoresSeguir

Receba as novidades

Fique por dentro de todas as novidades do site em primeira mão!

Recentes

Conteúdo fresquinho

Crítica | Baghead: A Bruxa dos Mortos

Em Baghead: A Bruxa dos Mortos, um bar abriga esse um ser misterioso e perigoso que pode tomar a forma de qualquer pessoa que não está mais viva, basta apenas um objeto e a pessoa se materializa na sua frente, mas as consequências podem ser imprevisíveis e mortais, o filme tem um grande potencial que poderia ter sido explorado, não é uma história excepcional, apenas não deixa um grande impacto.

Mais artigos do autor

Crítica| Sr. & Sra. Smith – 1ª Temporada

Baseada no famoso longa de 2005, Sr. & Sra. Smith estreia como um bom entretenimento. Trazendo várias referências ao filme original estrelado por Brad Pitt e Angelina Jolie, a série apresenta algumas mudanças, principalmente no que diz respeito aos protagonistas, que nessa nova versão não se tratam de um casal que descobre que são ambos espiões quando recebem a missão de eliminar ao outro, mas sim de dois resignados da empresa para os cargos de John e Jane Smith. Sim, Donald Glover e Maya Erskine entram para o novo emprego sabendo que precisam agir como casados e aceitar as missões da agência. O relacionamento dos dois muda a cada episódio, mas uma coisa é certa, divórcio não é uma opção! Com várias críticas sociais, participações interessantes e um desenvolvimento interessante, a nova versão promete agradar. Veja mais na crítica completa no site.

Sr. & Sra. Smith | Tudo sobre a nova série de comédia baseada no famoso filme

Sr. & Sra. Smith é uma série de televisão que se baseia no popular filme homônimo de 2005, estrelado por Brad Pitt e Angelina Jolie. A obra é recheada de elementos de ação, comédia e drama, enquanto explora a vida de um casal aparentemente comum, que, na verdade, são assassinos altamente treinados. Conheça tudo sobre a série Sr. & Sra. Smith:

Resenha | Especulações cinematográficas – Quentin Tarantino

Em uma espécie de autobiografia cinematográfica, Quentin Tarantino analisa o cenário do cinema desde a década de 1970 de acordo com suas experiências pessoais em novo livro, Especulações Cinematográficas.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave