Na última segunda-feira (25), a Apple anunciou o seu próprio serviço de streaming. Intitulado Apple TV+, o intuito de ingresso no mercado, é para firmar como uma das opções de entretenimento e concorrer diretamente com a Netflix. Em seu catálogo, constarão produções originais e de outros grandes estúdios de TV e cinema.

Para o anúncio do produto, foi criado um evento de apresentação e contou com a presença de diversos nomes fortes de Hollywood, que atualmente, trabalham em conteúdos originais para o Apple TV+. Steven Spielberg apresentou a nova versão de Amazing Stories, série de histórias de ficção científica exibida na década de 80. Reese Witherspoon, ao lado de Jennifer Aniston e Steve Carrell, mostraram mais detalhes de The Morning Show, drama sobre os bastidores de um programa matinal.

J.J. Abrams e Sara Bareilles falaram a respeito de Little Voice, série musical que conta a historia de uma jovem que se encontra como artista e como mulher adulta através da música. O ator Jason Momoa e a atriz Alfre Woodard exibiram See, seriado que se passa num futuro onde as pessoas se tornaram cegas após uma epidemia de vírus. O ator e comediante Kumail Nanjiani apresentou Little America, antologia que reunirá histórias de imigrantes.

Ainda durante o evento, foram confirmadas produções originais com Aaron Paul (Breaking Bad), Brie Larson (Capitã Marvel), Damien Chazelle (La La Land), Spike Lee (Infiltrado na Klan), Sofia Coppola (Bling Ring: A Gangue de Hollywood) e M. Night Shyamalan (Fragmentado, Vidro), além de Helpsters, seriado infantil ambientado no universo de Vila Sésamo. Como se não bastasse tudo isso, os futuros assinantes terão ainda, acesso a outros streamings, como Hulu, HBO Go, Amazon Prime Video, PlayStation Vue, DirecTV Now e outros mais de 100 serviços.

A Apple garantiu que valores, lançamento e disponibilidade da Apple TV+ serão anunciados ainda no terceiro trimestre de 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui