Sunday, 24, January, 2021
Start Movies News Criticism | Once upon a time in Hollywood

Criticism | Once upon a time in Hollywood

Once upon a time in Hollywood, é o 9º filme de Quentin Tarantino, que estréia no Brasil em 15 de agosto, e que dessa vez atua como diretor, produtor e escritor.

Contando a história de Rick Dalton (Leonardo DiCaprio), um ator em decadência após uma tentativa frustrada de se tornar uma estrela de cinema, sempre acompanhado de seu dublê e amigo de longa-data Cliff Booth (Brad Pitt), quebrados, tentam encontrar oportunidades na Los Angeles de 1969. Como vizinhos, o diretor Roman Polanski de O bebê de Rosemary e a atriz e esposa Sharon Tate, que podem ser uma saída para a má sorte da dupla.

Acompanhando a trajetória dos dois amigos durante a época de 70, e os altos e baixos de Rick Dalton com sua carreira, dúvidas, problemas com bebidas alcoólicas, erros e acertos como profissional e sua face humana.

Impressions

Uma mistura de nomes de peso do cinema com ocorrências passadas faz desse filme uma alegoria de como foram esses anos nos Estados Unidos.

Não é o melhor trabalho de Tarantino, mas também longe de ser o pior se encaixa apenas em um mediano. A atuação de Leonardo DiCaprio se destaca entre as estrelas de Hollywood, já Al Pacino, com um personagem esquecível é um ator que foi mal aproveitado. Margot Robbie também é outro nome que mesmo em destaque não surpreende nem pela atuação e nem mesmo pelo papel de Sharon Tate.

Crítica | Era uma vez em Hollywood 1
Margot Robbie em Era uma vez em Hollywood | Imagem: Sony Pictures

Sem o banho de sangue característico de seus filmes, como em Kill Bill, e com uma narrativa lenta e linear, Once upon a time in Hollywood não chega a empolgar no quesito ação, com momentos muito bem pensados, as piadas arrancam risadas do público sem serem forçadas ou até mesmo óbvias.

Atenção aos Detalhes

Chega a ser surpreendente como é fácil esquecer que estamos vendo um filme atual, as cenas e suas falas e gírias, a ambientação atenta aos mínimos detalhes, nos transportam para a época 70 sem dificuldade. Muitas cenas podem ser confundidas com shows reais da década, até mesmo recriando cenas do clássico Arma Secreta contra Matt Helm (The Wrecking Crew), para incluir Margot Robbie e dar mais veracidade à produção e também a inclusão sutil de pessoas, que se tornariam famosas, envolvidas na produção do filme, como o ator Bruce Lee, que foi consultor de karatê para as cenas de luta do longa.

Crítica | Era uma vez em Hollywood 2
Era uma vez em Hollywood | Imagem: Sony Pictures

Outros detalhes como os letreiros do cinema, aos cartazes expostos nas ruas com shows lançados a época, como o do musical Funny Girl – Uma garota genial de Bárbra Streisand que foi lançado no final de 1968.

Pensado com cuidado e executado com a grandiosidade já vista em filme do Tarantino, esse não fica para trás quando se trata em detalhes e verossimilhança histórica.

Família Manson

Inicialmente anunciado como uma obra sobre a Família Manson em 2017, sua inclusão pode passar despercebida e até mesmo sem sentido para aqueles que não conhecem a proposta que trouxeram para esse novo longa. Em nenhum momento há a menção direta do nome Manson, mas os nomes envolvidos no Caso Tate-LaBianca são explorados como o nome de Tex e Charlie, ou até mesmo o Spahn Ranch, local onde os integrantes da família Mason realmente moraram.

Mesmo tendo um papel importante para a trama, a sutileza com que abordam esse núcleo, e incluem os fatos históricos faz com que a história brilhe ainda mais, dando um brilho característico de Tarantino ao colocar esses detalhes em segundo plano.

Thunder Wave note
Com uma bela ambientação e ótimas atuações, Era uma vez em Hollywood é uma obra interessante, mas que passa longe de ser a melhor de Tarantino.

LEAVE AN ANSWER

Please enter your comment!
Please enter your name here

Follow our social networks

6,954Fansenjoy
3,084Followersfollow
4,349Followersfollow

Criticism | Lupine

0
Omar Sy in the skin of Assane / Lupine makes all the difference with his charm and good performance. It is a fun series, well built and distances itself from others of the same genre. It's a "Sherlock Holmes" inside out. Lupine can already be considered a great success of 2021.

The Walking Dead | Scene of intimate moment causes disgust in ...

0
Scene of intimate moment between Negan and Alpha caused negative reactions in fans of The Walking Dead. Look.
Crítica | Era uma vez em Hollywood 8

A farewell to Merlin

en_USEN
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave