A revista Forbes divulgou na última terça-feira (19), uma lista com os cinco nomes mais lucrativos de Hollywood.

Em uma lista divulgada pela Forbes nesta semana, Emma Watson aparece como a atriz mais lucrativa de 2017. Composta de homens e mulheres, Emma fica em segundo lugar, mas por sexo, encabeça a lista feminina.

A lista foi elaborada a partir dos três últimos filmes em que cada ator e atriz tiveram papéis de destaque antes do dia 1 de junho desse ano. Os filmes que tiveram baixa bilheteria e/ou exibição, os que os artistas tiveram papéis pequenos e/ou animações, ficaram de fora. Feito isto, o cálculo é realizado com base no orçamento da produção, na resposta do público ao redor do mundo (bilheteria global) e no salário do ator ou da atriz.

Emma estrelou A Bela e a Fera, da Disney, filme em live action que arrecadou US$ 1,26 bilhões, ficando em primeiro lugar de todas as outras estreias do ano com o título de maior bilheteria de 2017. O longa também, é responsável pelo sucesso dos remakes em live action produzidos pela Walt Disney. Segundo os cálculos, a eterna Hermione Granger obteve um retorno de US$ 70,70 por cada dólar investido.

Abaixo, a lista completa:

1º Jeremy Renner, com retorno de US$ 93,80 por cada dólar investido;
2º Emma Watson, com retorno de US$ 70,70 por cada dólar investido;
3º Scarlett Johansson, com retorno de US$ 66,50 por cada dólar investido;
4º Amy Adams, com retorno de US$ 46,10 por cada dólar investido;
5º Chris Pratt, com retorno de US$ 34,40 por cada dólar investido.

Emma é feminista e defende a igualdade sexual entre homens e mulheres dentro de inúmeras esferas da sociedade, dentre elas, o emprego e a equidade salarial de mulheres que ocupam os mesmos cargos dos homens.

Em 2014, a atriz foi nomeada embaixatriz da ONU Mulheres e sua primeira campanha, já empossada no cargo, foi a campanha HeForShe (Ele por Ela), que visa fazer com que os homens envolvam-se na resolução de problemáticas sobre as inúmeras desigualdades que atingem as mulheres.

A campanha HeForShe foi aderida pelo canal pago GNT, da Globosat, que possui uma linha editorial feminina e feminista. O programa Saia Justa, da emissora, apoia as ações promovidas pela campanha no Brasil, bem como traz discussões e questionamentos sobre comportamento, feminismo e empoderamento das mulheres.

Assista, abaixo, o discurso legendado de Emma na sede da ONU Mulheres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui