Witches of East End

Como já disse nas primeiras impressões de Witches of East End, a série me agradou logo de cara pela temática. Tenho certeza que, como eu, existem vários fãs de bruxinhas e órfãos de Charmed pelo mundo que também simpatizaram por esse delícinha de série logo no piloto e tenho a alegria de informar que a mesma conseguiu manter a qualidade até o finale da temporada.

O fato mais curioso sobre essa primeira temporada de Witches of East End, é que a temporada manteve exatamente o mesmo ritmo do piloto. Todas as séries costumam ter aqueles episódios mais fraquinhos, que parecem que demoram mais que os 40 minutos habituais para passar, ou aquele episódio mais mind-blowing, porém a série deixou os episódios exatamente no mesmo ritmo, com a mesma dose de ação em todos. E isso é algo bom, acaba deixando o telespectador sabendo exatamente o que esperar dos próximos episódios e cumprindo a promessa que fez no piloto.

WoEEWitches of East End  gira em torno da complicada família mística Beauchamp, uma antiga família de bruxas onde as mais novas Ingrid (Rachel Boston) e Freya (Jenna Dewan-Tatum) não conhecem seu poder devido à sua mãe,  Joanna (Julia Ormond), ter escondido delas.Quando uma shapeshifter (ou metamorfo, se prefirir) resolve assumir a forma de Joanna, o segredo e a família correm perigo, forçando Joana a pedir a ajuda de sua irmã Wendy (Mädchen Amick) e a revelar para suas filhas a existência do poder delas.

A temporada segue mostrando os pequenos desafios ( e algumas cagadinhas) da descoberta dos poderes das irmãs, a “batalha” contra a shapeshifter, alguns personagens novos vindo do passado da família e alguns problemas amorosos…

Se você assistiu ao piloto e está em dúvida sobre continuar ou não assistindo à série, a dica é fácil: Se o piloto te agradou, vai fundo e assista sem medo os 10 episódios, pois a qualidade continua a mesma. Agora, se o piloto não te agradou ou ainda não começou a assistir, aconselho que dê uma (ou mais uma) chance à essa série, que é bem levinha e gostosa de assistir.

 

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here