Sleepy Hollow capa

Sleepy Hollow é uma série muito difícil de julgar, ainda mais quando a série me agradou mas parece ter desagradado muita gente por aí. Acho que a questão com Sleepy Hollow é que a série é boa na média, mas apenas irá agradar aos fãs de terror (terror leve, no caso) e fãs da conhecida Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (bom, talvez agrade também os fãs de homem altos, britânicos e sexys….).

Nas primeiras impressões de Sleepy Hollow, falei muito bem da série, pois o piloto me agradou muito. Mas, ao decorrer da John Nobletemporada, mais ou menos do meio até os episódios finais, o episódios ficam um pouco mais “arrastados”, ou seja, ficam aqueles episódios onde ao invés da pessoa ficar presa na história do começo ao fim, pausa em alguns momentos para tomar uma água, passear pela sala, olhar o facebook… Mas a temporada se recupera lindamente nos seus 2 últimos episódios, principalmente no finale, que teve o dom de deixar o telespectador contando os dias para o retorno da série. O acréscimo de John Noble ao elenco ajudou muito à melhorar essa fase final da temporada.

O problema que vejo na série é que ela não tem medo de exagerar, o que acaba às vezes prejudicando-a. Mesmo com o problema dos episódios um pouco massantes, ainda gosto da série, mas até eu que gosto admito que tem alguns momentos desnecessariamente exagerados, pecando para o lado forçado do exagero. A boa notícia é que esse exagero é muito bem compensado pelos protagonistas Tom Mison e Nicole Beharie, que fazem os “parceiros” Ichabod Crane e Abbie Mills. Os 2 possuem uma sintonia impressionante, não só nas telas, pelo que podemos perceber pelas fotos de bastidores e dos atores em eventos.

Ichabod e Abbie
Ichabod e Abbie

Sleepy Hollow é  baseada no conto O Cavaleiro Sem Cabeça do escritor Washington Irving, que também já foi adaptado para o cinema em 1999, no famoso filme estrelando Johnny Depp.

Então, no caso de Sleepy Hollow, a dica para quem não sabe se continua ou não à assistir é: Se a temática já não te agrada, nem se dê ao trabalho. Mas para os (como eu) fãs de terror, a série merece sim uma chance e o pequeno sacrifico de alguns episódios mais chatinhos para chegar no maravilhoso finale que teve.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui