No último mês de maio, o Thunder noticiou sobre a série Dinastia, nova aposta do canal CW e que foi criada pelas mentes criativas por detrás das séries Gossip Girls e The OC. Ao contrário do que foi noticiado, a série não estreou no final do ano como estava possivelmente planejado.

Esse foi um dos projetos que mais ficaram em segredo pela emissora/produtora e as informações, foram sendo liberadas aos poucos. O canal CW é um selo que pertence ao grupo Warner e o DNA do selo, é produzir conteúdos voltados para o público jovem-adulto.

A série acompanha Fallon Carrington (Elizabeth Gillies), filha e herdeira do império que seu pai, Blake (Grant Show), construiu. Certa de que assumirá os negócios da família – a jovem já trabalha na empresa de seu pai -, retorna de uma viagem de negócios e convence seu irmão, Steven (James Mackay), de retornar de uma viagem beneficente para ajudá-la na nova empreitada.

Fallon retorna e ao contrário do que esperava, não era bem o anúncio de sua “promoção” que seu pai lhe contaria. Ela e Seteven, souberam da maneira mais constrangedora que existe: seu pai está de casamento marcado com a própria secretária, Cristal Flores (Nathalie Kelley). Talvez você se pergunte: um chefe não pode se apaixonar e quem sabe, se casar com uma funcionária?

Bem, até pode, mas quando a tal funcionária esconde certos segredinhos e tem ambição nos olhos, no mínimo é de se estranhar realmente. Está formado o embate entre a herdeira e a futura herdeira. Um verdadeiro jogo de poder e intrigas, uma queda de braço onde milhões de dólares estão em jogo.

Por falar em segredinhos, Fallon esconde de todos que mantém um caso com o motorista da família. Steven também escondia, mas não mais: assumiu sua homossexualidade e chegou a confessar que por alguns anos, levou o título de “pessoa estranha da família”. Bem, acho que pode imaginar o quanto essa série, como dizem popularmente, “derrubará forninhos”, não é?

Dinastia não é um produto novo, é um remake de uma série homônima que fez muito sucesso nos anos 80. A “Dinastia original”, era exibida/produzida pela ABC Studios e contou com nove temporadas e mais um telefilme que de fato, encerrava as tramas vividas pelos personagens da época.

É impossível não enxergar uma mistura de Blair Waldorf e Marissa Cooper em Fallon. Elizabeth Gillies se desmonta completamente de Jade West, personagem que interpretou no teen sitcom Victorious, da Nickelodeon e que ganhou certa notoriedade. Suas tiradas, olhares, atitudes e até o figurino, nos faz recordar das seis deliciosas temporadas em que passamos convivendo com a herdeira dos Waldorf.

O que não é ruim nem prejudicial para o produto, muito pelo contrário. Lembrar das protagonistas de séries icônicas e compará-las ou enxergá-las em Fallon, é o tom certo de que os criadores fizeram algo novo, apesar do remake, com suas pitadinhas criativas que nos farão sentir vontades de assistir novamente The OC e Gossip Girl, só pela nostalgia.

Luxo e requinte são pertinentes nesse ambiente, então, não se espantem se de repente, acharem um ou outro personagem um tanto fútil. Mas dizem que muito dinheiro torna as pessoas dessa maneira, o que não é regra, é claro. Certas coisas estão disponíveis apenas em alguns meros mortais, mesmo que na ficção.

Dinastia, bem como a série dos anos 80, esbanja críticas ao poder, luxo, riqueza e trouxe uma lição sobre o que o dinheiro é capaz de fazer com as pessoas que o possui em demasia. Aos poucos, vamos nos acostumando com os ambientes e situações em que vivem os personagens, mas até o momento, Cristal não será a queridinha de todos – e não é influência, é questão de empatia mesmo.

Aqui no Brasil, a série foi lançada um dia após a exibição do episódio piloto nos Estados Unidos. A Netflix detém os direitos de transmissão internacionalmente e simultaneamente com os EUA, você pode acompanhar os episódios. A série está disponível no catálogo desde o último dia 12 de outubro. Não vai perder, hein!

Desde a criação de Gossip Girl e The OC, dentro desses dramas destinados ao público jovem-adulto, não se viu criação melhor. Eu mal posso esperar para as próximas semanas chegarem e acompanhar o desenrolar dos episódios anteriores repletos de reviravoltas.

Resumo
Nota do Thunder Wave

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui