Tuesday, 25, February, 2020
Start Reviews First impressions First Impressions: The Tick

First Impressions: The Tick

Baseada no personagem criado por Ben Edlund, a nova série da Amazon é uma sátira aos super-heróis

-

Criado em 1986,pelo cartunista Ben Edlund, The Tick era um mascote da editora americana New England Comics que nasceu como uma paródia aos super-heróis e ganhou seu próprio quadrinho em 1988. O personagem chegou a ter uma curtíssima série em 2001 e agora retorna pelas mãos da Amazon.

Com um tom muito informal, o piloto de The Tick apresenta o contador Arthur (Griffin Newman), que possui uma grande obsessão por Terror (Jackie Earle Haley), um vilão considerado morto que ele acredita ainda estar vivo e tramando seu retorno. Em uma de suas buscas secretas para tentar provar sua teoria, Arthur encontra o estranho Tick (Peter Serafinowicz), um super-herói que acredita que eles foram ligados pelo destino e agora pretende se aliar ao contador.

Primeiras Impressões: The Tick 1
A obsessão de Arthur | Imagem: Amazon

O episódio apresenta exatamente o que esperar da série: uma combinação de sátiras que pendem pro absurdo contrastando diretamente com o lado racional. Em um mundo onde super-heróis são comuns e somos apresentados a um carrapato azul com super força, o equilíbrio é mantido pela suposta doença psicológica de Arthur, que não sabe até onde o que está vendo é real ou apenas uma peça de sua mente.

A justificativa para os distúrbios psicológicos do personagem é o ponto alto desse piloto, sendo extremamente bem colocada e de quebra fornecendo o balanço necessário e justificado entre o real e o imaginário.

A série enfim teve uma temporada completa produzida, mas não há como dizer os próximos episódios pretender tratar o Tick como um super-herói comum, apenas dando um ar cômico aos elementos clássicos da temática, ou irão tratar mais a fundo a relação realidade vs fantasia causada pela obsessão de Arthur.

Primeiras Impressões: The Tick 2
Tick | Imagem: Amazon

De qualquer maneira, The Tick tem potencial, porém pende e muito para o lado da comédia. A sátira contida no personagem é o único chamativo da obra, tendo os outros argumentos apenas como base sólida para sustentar a trama. Dessa maneira, a produção se torna interessante e divertida, mas não chega a ser algo surpreendente.

LEAVE AN ANSWER

Please enter your comment!
Please enter your name here

Follow our social networks

7,087Fansenjoy
3,149Followersfollow
4,458Followersfollow

Review | My Hero Academia: Heroes Rising

0
My Hero Academia: Heroes Rising has a simpler story than the previous ones, but even so, it manages to be superior to the last feature.

Review | Greenleaf- Season 2

43
More dense than the first season, Greenleaf did not drop in level and brought a psychological clash full of questions for discussions outside the religious environment.
en_USEN
pt_BRPT_BR en_USEN
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave