Tivemos a oportunidade de entrevistar Colin Baker, o 6º Doctor da série clássica de Doctor Who, durante a San Diego Comic Con 2017.

Veja a entrevista (traduzida) na íntegra:

P: Você achava que a BCC iria de fato colocar uma Doctor mulher?

Colin Baker: Não. Eu torcia, mas não achava que eles iriam realmente fazer. Sempre achei que fosse uma boa ideia, mas sempre achei que todas as fãs mulheres acompanhavam a série por causa do David Tennant e achei que a série iria perder esses espectadores se colocassem uma mulher. A BBC provavelmente achou isso também, porque é assim que as coisas são, as pessoas ainda ficam um tanto relutantes em colocar mulheres como líderes. É assim na vida, quando é preciso colocar uma executiva como líder da companhia geralmente há uma relutância, mas porquê? Se são boas, devem estar lá. O gênero do Doctor deveria ser irrelevante e fico feliz por finalmente fazerem essa escolha.

Geralmente fico feliz com as escolhas para o papel, Matt Smith surgiu do nada e foi brilhante, sabia que Peter Capaldi era um bom ator, e achei que ele teve uma boa recepção dos fãs.

P: Capaldi lembra um pouco o seu Doctor (6º Doctor da série clássica), com seu jeito mais nervoso. Concorda?

Colin Baker: Sim, a cada 6 vezes eles acertam.

P: Você acha que ele teve o arco que foi negado para o seu Doctor?

Colin Baker: Sim, pois ele tem a chance de um belo final e meu Doctor não pode ter isso. Mas eu estou feliz com o meu arco, minha regeneração casa perfeitamente com o começo da trama de Sylvester McCoy, é inteligente e um pouco heroico, o que me agrada.

P: Existe algo que você queria fazer com o personagem que não foi permitido fazer?

Colin Baker: Sim, não tive muita liberdade, para mim os personagens mais interessantes são aqueles que você aprende com eles. Me sugeriram que me baseasse em alguém como Mr. Darcy, de Orgulho e Preconceito, que é odiado na maior parte do livro, o leitor o acha arrogante e desagradável, e no fim você descobre que ele era o personagem mais verdadeiro e altruísta do livro. A mesma analogia é usada em Harry Potter, quem o público mais odeia? Severo Snape. Quem é o maior herói? Severo Snape. Eu acho isso muito interessante, na vida também, você conhece uma pessoa e não gosta e de repente viram melhores amigos. Esse era o plano para o meu Doctor, uma ideia da BBC para alcançar o público que não gostava do seriado.

P: Você acha que a BBC, como organização, está mais disposta a arriscar agora?

Colin Baker: No geral, não acho. Mas estou feliz que nessa ocasião estejam dispostos a arriscar porque agora é permitido colocar no ar programas mais audaciosos. Gosto quando as pessoas são apaixonadas pelos seus programas e as pessoas responsáveis dizem “ Ok, se isso é bom, pode fazer, se for ruim você tá fora”. É melhor que interferir com a maneira que os escritores levam os programas.

A 11ª temporada de Doctor Who tem previsão de estreia em 2018.

 

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here