Desde seu lançamento em meados de 2006, o Twitter faz um grande sucesso entre seus usuários. Aliás, a rede social que já foi chamada de microblog dita tendências, conta boas histórias e produz uma infinidades de memes e gifs em primeira mão, bem antes de chegar às outras redes sociais. A ferramenta muito utilizada por famosos e celebridades até os dias atuais faz o enorme sucesso, seja para tretas, anunciar grandes novidades e até mesmo, ferramenta de trabalho/negócios de grandes corporações. A rede também é bastante utilizada por veículos de imprensa para postagem e repostagem de notícias de qualquer cunho jornalístico.

De fato, é uma rede completa se não fossem os tais 140 caracteres que impedem qualquer usuário de se expressar muito além disso. Mas isso está com os dias contados. Pelo menos foi o que a própria rede social anunciou na última terça-feira (26). O dobro dos caracteres, ou seja, 280, encontra-se em fase de teste para um pequeno (e seleto) número de pessoas.

A ideia surgiu após uma pesquisa interna com os principais usuários da ferramenta e o resultado foi a constatação de uma frustração ao tuitar usando apenas os caracteres disponíveis. Se tudo der certo, a mudança servirá para frustrar menos os usuários e facilitar a capacidade de expressão. Para explicar a tal medida, o Twitter mencionou países com idiomas como coreano, japonês e chinês – nelas, os usuários conseguem escrever quase o dobro de informações usando apenas um caractere do que em outros idiomas, como o português, inglês, francês ou espanhol, por exemplos.

Por meio de seu perfil no Twitter, Jack Dorsey, CEO da empresa, disse que a escolha dos atuais caracteres na ferramenta foi baseada nas mensagens de textos (SMS) que eram enviadas pelo telefone celular – o limite total eram 160 caracteres, mas o conteúdo era digitado em apenas 140, enquanto os outros 20, eram usados para destinatários. “Esta é uma mudança pequena, mas um grande movimento para nós. 140 foi uma escolha arbitrária baseada no limite de 160 caracteres do SMS“, disse Dorsey. “Estou orgulhoso da equipe que tem sido atenciosa em resolver um problema real que as pessoas têm em tuitar, e ao mesmo tempo, mantendo nossa concisão, velocidade e essência!“, finalizou o CEO.

Em nota, o Twitter relatou que espera que o espaço extra para as postagens seja bem explorado por aqueles que necessitam dele e afirmou ainda, que o DNA da plataforma nunca irá mudar. Até o momento, não foi informado quando o teste terminará nem a data em que os novos caracteres estarão disponíveis para serem utilizados.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here