O A&E anunciou a estreia de Escravos da Cientologia (Leah Remini: Scientology and the Aftermath), série de oito episódios apresentada pela atriz, produtora e autora norte-americana Leah Remini (King of Queens), que junto a ex-membros da igreja, detalham histórias impactantes de abuso e perseguição, vividas por aqueles que abandonaram a igreja da Cientologia e falaram publicamente sobre suas experiências.

Escravos da Cientologia chega ao canal no dia 21 de março e dá voz às vítimas dessa igreja, foi fundada pelo escritor norte-americano Ron Lafayette Hubbard, cuja doutrina prega que os humanos são seres espirituais imortais. A produção é baseada nas memorias de Leah Remini “Troublemaker: Surviving Hollywood and Scientology”, seguidora desta doutrina por mais de 30 anos até sua saída pública, em 2013.

A Cientologia é uma doutrina religiosa que foi proposta em 1952 como uma filosofia, pelo escritor de ficção científica Ron Lafayette Hubbard. A doutrina prega que os humanos são seres espirituais imortais que esqueceram sua verdadeira natureza. Em sua obra mais conhecida “Dianética: a ciência moderna da saúde mental”, Hubbard destaca que “nós podemos nos libertar de nossas psicoses se enfrentarmos os incidentes traumáticos ou eneagramas que bloqueiam nossa mente”. Mais além de ser designada como movimento religioso e que muitos países a considerem como uma religião, muitas vezes tem sido chamada de seita ou culto; e tem sofrido diversas acusações de ameaças e extorsões. Além disso, a Cientologia tem construído um verdadeiro império, e ganhou adeptos em Hollywood, conquistando estrelas como Tom Cruise, Dustin Hoffman, Nicole Kidman, Oliver Stone e Larry King, bem como empresários e políticos em todo o mundo.

A série causou um escândalo em sua estreia nos Estados Unidos (em novembro de 2016), tendo uma resposta direta por parte da igreja da Cientologia às reclamações de Leah e de ex-membros da igreja. A igreja da Cientologia fez duras críticas à produção, publicou uma declaração e até tentou impedir que a série fosse ao ar. Durante a produção de Escravos da Cientologia, representantes da igreja da Cientologia Internacional enviaram aos produtores uma quantidade numerosa de cartas que incluíam respostas antecipadas da igreja para as informações que estariam no programa, e suas análises e críticas sobre os temas principais de cada episódio.

Apesar das tentativas públicas de ser desacreditada pela própria igreja da Cientologia, a série explora diferentes depoimentos de ex-membros da religião e de suas famílias, por meio de diferentes encontros e entrevistas com Leah. Cada episódio traz histórias de pessoas cujas vidas foram afetadas pelas práticas prejudiciais da igreja, inclusive depois que saíram da organização. Junto com uma equipe de antigos integrantes de alto escalão da Cientologia, que conhecem o funcionamento interno e as políticas da organização, Leah dá às vítimas uma oportunidade de serem ouvidas.

Escravos da Cientologia estreia dia 21 de março, às 23h15, no A&E.

 

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here