Quando Mulher Maravilha estreou nos cinemas em 2017, fez um estrondoso sucesso e logo foi anunciado uma sequência, que viria em Novembro de 2019. Nesta segunda-feira (22), a Warner Bros. Pictures resolveu adiar o lançamento do segundo longa da heroína, Mulher Maravilha 1984, em sete meses.

Segundo Jeff Goldstein, presidente de distribuição do estúdio, tratou-se de pura estratégia de marketing: simplesmente para evitar o confronto nas bilheterias com Star Wars: Episode IX e também, revelou que a estreia deve acontecer no concorrido verão americano, estação onde a personagem encontra-se ambientada, no filme.

Em um comunicado oficial, o estúdio pronunciou-se a respeito da alteração. “Tivemos um tremendo sucesso ao lançar o primeiro filme da Mulher Maravilha durante o verão, então quando vimos uma oportunidade de aproveitar o cenário competitivo em mutação, nós aproveitamos“, diz o texto. “Este movimento aterra o filme exatamente onde ele pertence“, finalizou a Warner.

A atriz Gal Gadot, a intérprete da heroína nas telonas, usou sua conta oficial no Twitter para anunciar a nova data de estreia do longa. “Muito animada em anunciar que, graças à mudança de cenário, somos capazes de colocar a Mulher Maravilha de volta em seu legítimo lar. 5 de Junho de 2020. Estejam lá ou serão considerados antiquados!“, brincou Gadot.

Como no título, o longa será ambientado nos anos 80, no período da Guerra Fria e tratá os atores Chris Pine, Saïd Taghmaoui e Even Bremmer de volta ao elenco do novo filme. Zack Snyder assina a produção do longa, David Callaham é um dos roteiristas ao lado de Geoff Johns e Patty Jenkins, que também assina a direção.

Mulher Maravilha 1984 estreia 5 de Junho de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui