Feito na América (American Made) é o tipo de produção que não foi feita para se levar a sério, e nem mesmo para ser considerado um dos melhores de Tom Cruise ou do diretor Doug Liman (Identidade Bourne).

A dupla já trabalhou junta em No Limite do Amanhã e agora voltam a fazer uma parceria na história de Barry Seal, um ex piloto da companhia aérea TWA, que é recrutado pela CIA para fazer fotos dos inimigos dos EUA na época da Guerra Fria, onde acaba conhecendo Pablo Escobar e aqueles que seriam conhecidos como Cartel de Medelín.

Feito na América
Feito na América | Imagem: Universal Pictures

Narrado pelas fitas VHS que foram gravadas por Barry Seal, contando desde a sua convocação para trabalhar para a CIA e o seu envolvimento com o Cartel, o filme segue uma maneira diferente de se contar uma história. Em alguns momentos lembra um pouco os clássicos de espionagem como O Agente da U.N.C.L.E, mas sem os momentos dramáticos, tendo apenas a aventura.

Já os personagens acabam sendo totalmente desinteressantes, a ponto de nem lembramos quem eles são, ficando na memória apenas o Cartel, o agente da CIA, a esposa de Seal e o próprio Seal, interpretado com muita diversão por Tom Cruise.Este pode não ser um dos melhores papéis de Tom, mas é sem dúvida mais um que dá para perceber que ele se diverte.

Feito na América | Imagem: Universal Pictures

O estilo bem humorado do longa contrasta com a realidade fria e dramática de Barry. Porém essa é a graça de Feito na América, a produção não joga essa realidade na cara do público e nem pede que julguem seu país ou mesmo Barry Seal.

Pelo contrário. Ele conta apenas a história de uma maneira divertida, como aquele seu tio que relembra aventuras que foram um tormento para o seu pai, mas agora coloca de uma maneira cheia de piadas, mesmo que ainda sejam constrangedoras.

Veja a ficha técnica e elenco completo de Feito na América

Veredito
Nota do Thunder Wave
ViaTexto escrito por Alan Uemura
Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here