sexta-feira, 24, setembro, 2021

Crítica | O Velho

Já perto dos 80 anos e uma década após se entregar à polícia e confessar ter matado 45 pessoas, o assassino em série, O Velho, finalmente decide conceder sua primeira entrevista a um repórter de um jornal de bairro.

Ele revela que cometeu os crimes porque essas pessoas não contribuíam para a melhoria do planeta. Após O Velho estabelecer uma quase relação de amizade com o jornalista, a questão em pauta é: qualquer pessoa é capaz de matar?

A obra também foi apresentada no teatro, tendo como intérprete do Velho, Luiz Guilherme. O ator volta ao seu papel, assim como no roteiro ao lado de Daniel Talento.

O Velho é quase um monólogo de tão fascinante que se torna o personagem de Luiz Guilherme. O filme possui apenas três personagens, sendo eles Junno Andrade como Bob o jornalista e Luiz Amorim, como o carcereiro.

Por esse motivo, o filme acontece praticamente em na cela do Velho, enquanto ele ‘brinca’ com Bob. Parece que ele não leva nada a sério, mas as discussões a respeito da sociedade são tão simples e quase banais que você se vê envolvido nessa discussão.

Para não estragar a imersão do espectador, a única parte que dá para ser entregue é aquela que está na sinopse, pois você é levado de tal maneira a pensar e a responder ao personagem de Luiz Guilherme, que acaba por se perguntar: sou realmente capaz de matar?

A questão levantada pela trama vai muito além de questões pessoais. Ele mostra de uma forma jogada na cara, ou seja, nos chamando de burros, o quanto apenas seguimos essas regras por medo de como a sociedade irá nos julgar ou de questões religiosas. Mas como ele não cansa de dizer, que mata e não tem medo de fazer isso, se tivesse, não faria, pois sabe que será pego uma hora ou outra.

Durante a ‘entrevista’, os dois personagens dialogam, ou praticamente apenas o Velho fala, atiçando o lado completamente primitivo do ser humano. Aquele que te leva a ir além das suas convicções, pois quem nunca teve vontade de ultrapassar a linha da sanidade quando o vizinho liga o som no último volume em um final de semana quando todos querem descansar? Ou aquela raiva da pessoa que estaciona o carro totalmente torto no shopping, mercado, seja onde for, impedindo outras de poderem deixar o seu veículo ali? Até mesmo daquele jovem sem noção que acha que o universo gira em torno dele?

São tantos exemplos que o espectador irá dizer de forma categórica que jamais faria de fato algo igual, é apenas um momento de raiva… só que ao assistir a O Velho, você terá apenas dois pensamentos: continuar a mentir para si mesmo ou acreditar que pode ultrapassar seus limites.

Mas isso não quer dizer que deva ultrapassar e sair matando a todos. Apenas perceber que existe uma linha e que todos são capazes de cometer qualquer tipo de ato. E ao entender isso, com certeza você poderá entrevistar o Velho.

O Velho chega em 9 de setembro nas plataformas de streaming Looke, NOW, Vivo Play, Microsoft, Google Play, YouTube Filmes e iTunes.

Nota do Thunder Wave
O Velho te faz questionar o que são valores morais através de um lindo diálogo muito bem constuido.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,961SeguidoresSeguir
4,241SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave