quinta-feira, 22, abril, 2021
InícioFilmesCríticasInvasão Zumbi 2: Península é mais do mesmo

Invasão Zumbi 2: Península é mais do mesmo

Invasão Zumbi 2: Península, é sequência de Train to Busan de 2016, dirigido por Yeon Sang-ho. Sua apresentação foi originalmente agendada para o Festival de Cannes, mas foi cancelada devido à pandemia do COVID-19. O que pareceu ter sido uma boa para o filme.

O longa é até bom e serve para o divertimento, caso não queira compará-lo com o primeiro, o que é impossível. Nesta nova aventura, que acontece 4 anos depois, temos novos personagens e uma história relativamente interessante, ao mostrar que apenas a Coreia do Sul foi afetada pela infecção zumbi. É até lógico, principalmente pela sua localização geográfica, ou seja, uma Península.

O começo do longa é interessante mostrando estes novos personagens e como está o país. Mas acaba por aí. Desta parte em diante, Península é um dramalhão que parece ter sido feito por alguém fã de novelas mexicanas. O filme esbarra em querer ser algo diferente do primeiro, mas se torna o mais do mesmo de vários filmes do gênero americano.

Cenas longas quase pausadas para mostrar o drama dos personagens, lágrimas que não acabam mais, além de certas partes chegarem a irritar de tão idiotas que elas se tornam. Quem iria ficar parado olhando enquanto uma horda de zumbis vem correndo para te pegar? E não apenas isso, mas as cenas de ação com carros são ridículas.

Ridículas por utilizarem tanta CGI que parece os carros foram retirados de algum jogo do Playstation 2!  As perseguições também beiram a tristeza, com uma mecânica de games arcades onde os carros batem e nem amassam, além de todos os carros estarem sempre estacionados para que a ação possa acontecer! Não entendeu, reveja o trailer e preste atenção como todos eles estão estrategicamente abandonados nas laterais das ruas, pontes e avenidas.

Mas, caso se esqueça que está vendo uma continuação, até que Invasão Zumbi 2 pode agradar. Tem um bom roteiro, com pitadas até engraçadas, mas nada de assustador. Os personagens são apenas atores em tela que nada trazem de empatia.

Infelizmente, Invasão Zumbi 2: Península resolveu adotar o clichê americano de terror, com uma história sem vida, mas com um roteiro que prometia muito.

Nota do Thunder Wave
Infelizmente, Invasão Zumbi 2: Península resolveu adotar o clichê americano de terror, com uma história sem vida, mas com um roteiro que prometia muito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,916FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,319SeguidoresSeguir

Crítica | O Protocolo de Auschwitz

0
Esta é a história real de Freddy e Walter - dois jovens judeus eslovacos, que foram deportados para Auschwitz em 1942. Em 10 de abril de 1944, após um planejamento meticuloso e com a ajuda e a resiliência de seus colegas internos, eles conseguiram escapar. Os dois homens são movidos pela esperança de que suas evidências possam salvar vidas. Feridos, eles voltam pelas montanhas para a Eslováquia. Com a ajuda de estranhos pelo caminho, eles finalmente conseguem cruzar a fronteira e encontrar a resistência e a Cruz Vermelha. Eles compilam um relatório detalhado sobre o genocídio sistemático no campo. No entanto, com a propaganda nazista e ligações internacionais ainda em vigor, seu relato parece ser muito angustiante para acreditar.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
Invasão Zumbi 2: Península é mais do mesmo 7

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave