segunda-feira, 27, setembro, 2021

Leonardo Minozzo, do Cafundó Estúdio Criativo, participa dos Encontros de Cinema

Leonardo Minozzo, diretor executivo do Cafundó Estúdio Criativo, empresa brasileira que desenvolve projetos de propriedade intelectual em games e séries de animação, participa na sexta-feira (27), às 17 horas, da última mesa de debates da programação do evento Encontros de Cinema, promovido pelo Itaú Cultural.

O evento, que desde 2013 debate o fazer do cinema e suas tendências contemporâneas, chega à nova edição em 2021 com o tema Gestão do audiovisual. De 23 a 27 de agosto, a programação conta com masterclass, mesas de debate ao vivo e entrevistas com profissionais do setor. A programação enfatiza como o planejamento, a organização  e o monitoramento de processos são vitais para a sustentabilidade de toda esta cadeia produtiva.

Leonardo Minozzo, do Cafundó Estúdio Criativo, participa dos Encontros de Cinema 1
Leonardo Minozzo – Foto: Junior Schmitt

E também traz informações e entendimento crítico para a compreensão das mudanças mais importantes da indústria audiovisual contemporânea, aceleradas pela pandemia de Covid-19. A curadoria dessa edição é da consultora Alessandra Meleiro e da advogada e produtora de cinema Debora Ivanov, em parceria com o núcleo de Audiovisual e Literatura do Itaú Cultural.

A mesa “Gestão na Animação: oportunidades e desafios”, da qual Minozzo fará parte, conta também com Luciana Eguti, produtora-executiva da Birdo (SP) e terá mediação de Alessandra Meleiro. O objetivo é discutir o mercado das animações. Entre os pontos da conversa, estão condições de financiamento, acesso a mercado nacional e internacional, expertise em gestão, qualificação de profissionais, acesso a equipamentos, infraestrutura de TI, interesse público, entre outros. A transmissão será feita ao vivo na página do Youtube do Itaú Cultural (www.youtube.com/itaucultural).

A indústria da animação tornou-se um setor de dimensões econômicas relevantes. Representando 25% do mercado audiovisual, o valor total da receita da indústria de animação global foi de US$ 100 bilhões em 2006, US$ 222 bilhões em 2013 e US$ 259 bilhões em 2018, chegando a US$ 270 bilhões em 2020. A animação é um dos setores da indústria criativa global com maior potencial de crescimento. Além disso, em 2013, a indústria de animação digital administrou cerca de US$ 500 bilhões em licenciamento de marcas e personagens, mais que o dobro de 2006 (US$ 200 bilhões). (Dados levantados pelo Itaú Cultural).

Produção com nova perspectiva

Cafundó Estúdio Criativo nasceu em 2008 focado em animação para publicidade. No entanto, o executivo percebeu um modelo pouco replicável: “Uma animação para publicidade exige o desenvolvimento de várias etapas, como roteiro, conceitos, cenários, personagens, animação, áudio, pós-produção e finalização. O período para a produção de um comercial para TV de 30” durava 6 meses. Veiculava 20 dias, depois acabava. Para iniciar um novo projeto, era preciso abrir um canal de comunicação e pensar uma ação do zero”, explica Minozzo, que dirigiu mais de 500 projetos audiovisuais voltados a publicidade e entretenimento, para empresas como Toyota, O Boticário, Google, Motorola, Youtube e Rede Globo, além de jogos e narrativas gameficadas para clientes e projetos autorais. 

Foi então que o executivo decidiu injetar tecnologia na empresa. A equipe, até então de ilustradores, animadores, roteiristas e designers, ganhou programadores, desenvolvedores e especialistas em realidade aumentada, virtual e holografia, que possibilitaram enxergar as produções de uma outra forma. “O desenvolvimento das séries faz parte de um projeto robusto de propriedade intelectualO objetivo é o licenciamento para múltiplas mídias, enfatiza.

Séries pedagógicas para os públicos infantil e adulto

Entre as séries do estúdio brasileiro estão Os Carabão: uma narrativa divertida desenhada para o público de 5 a 7 anos, traz a história de Caldin, Farilicia, Espicho e Fusili: um grão de feijão, outro de arroz, o terceiro de farinha, e um macarrão, que vivem em um supermercado. Dez episódios são veiculados atualmente no Cine Brasil TV e a meta é completar 26 – ainda neste semestre – para expandir a outros canais no Brasil e no exterior.

A personagem Ana Bolinha, do artista catarinense Luciano Martins, inspirou uma série de animação para crianças. Em sua primeira temporada de 13 episódios, a simpática joaninha e sua turma buscam o significado dos seres e dos objetos também redondos em um mundo de aventuras, fantasia e cor. O projeto foi contemplado no edital de Desenvolvimento Prodav/Ancine (2016) e está em produção com recursos do Edital Catarinense de Cinema 2020.

Leonardo Minozzo, do Cafundó Estúdio Criativo, participa dos Encontros de Cinema 2
Dó, Ré, Mi da Sol – Imagem: Divulgação

Já a série de musicalização infantil Dó, Ré, Mi da Sol terá 15 episódios em sua primeira temporada. A narrativa gira em torno da menina Sol que, ao morar com seu pai músico, tem a oportunidade de interagir com instrumentos musicais que ficam guardados no porão da casa. O fato é gancho para aventuras musicais que narram tarefas simples do cotidiano da criança. O projeto é construído com técnicas de stop-motion e 2D e foi um dos cinco contemplados na categoria animação infantil, que selecionou um projeto por região do país, entre mais de 800 inscritos do edital Prodav TVS Publicas / Ancine (2018).

As produções contam com consultorias de especialistas como Reynaldo Marchesini (Sítio do Pica Pau Amarelo e Princesas do Mar), Teresa Cristina Rego (Que Monstro te Mordeu), além da participação (em Dó, Ré, Mi da Sol) de Thiago Calçado, conhecido mundialmente pelas animações Minhocas, o Filme; Kubo and the Two Strings (Kubo e As Cordas Mágicas); Isle Of Dogs (Ilha dos Cachorros) e, mais recentemente, pelo novo longa-metragem Pinocchio (Pinóquio), dirigido por Guillermo Del Toro e Mark Gustafson.

Para o público adulto, o momento atual é de captação de recursos para dar início à série Uns Brasileiros,baseada na obra ‘Mario Prata Entrevista uns Brasileiros’. Nela, o próprio Mario Prata vira animação e arranca confissões irreverentes de personagens da história do Brasil, como Tiradentes, Dom Pedro I e Dona Maria I “a Louca”. O piloto foi finalizado em abril com recurso conquistado nos Prêmio Catarinense de Cinema 2019.

Minozzo também responde pelo desenvolvimento do puzzle game Tetragon: Unknown Planes  lançado agora em agosto para países da Ásia, América do Norte, América do Sul e Europa.

Serviço

Mesa 4 – Gestão na Animação: oportunidades e desafios (Evento: Encontros de Cinema – Gestão do audiovisual)

  • Data: 27 de agosto, sexta-feira
  • Hora: 17 horas
  • Convidados:
    • – Leonardo Minozzo, diretor executivo do Cafundó Estúdio Criativo, empresa brasileira que desenvolve projetos de propriedade intelectual. É produtor executivo da série Os Carabão, veiculada atualmente no canal CineBrasil TV e com a segunda temporada já em produção. Com outras séries em desenvolvimento para os públicos infantil e adulto.
    • – Luciana Eguti, sócia e produtora Executiva da Birdo, um dos principais estúdios de animação da América Latina
  • Mediação: Alessandra Meleiro, presidente do Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual (Forcine), entre os anos de 2016 e 2020.
  • Transmissão no Youtube www.youtube.com/itaucultural
  • Classificação indicativa: livre
    Informações www.itaucultural.org.br

O Nerd Social é uma iniciativa do Lugar Nenhum.

Leonardo Minozzo, do Cafundó Estúdio Criativo, participa dos Encontros de Cinema 3
Cronos
Rei dos titãs e o grande deus do tempo! Como o Titã, Alan Uemura devora tudo relacionado ao universo nerd em qualquer lugar do tempo e do espaço! Allons-Y!!!

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Seja Social

Seja social também no Instagram

Siga no Instagram

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave